Expandindo seu negócio para o mercado asiático

Os benefícios de expandir um negócio para o mercado asiático são fáceis de ver, começando com o fato de que a Ásia abriga algumas das maiores e mais populosas nações do mundo. Isso por si só faz com que seja um dos mercados mais superiores em nível global.

Aqueles que desejam entrar no mercado asiático podem criar um negócio ou expandir suas operações através de subsidiárias ou filiais. No entanto, há outra opção disponível para aqueles que querem realocar seus negócios para qualquer um dos países asiáticos que oferecem facilidade e conveniência a um custo muito acessível.

Mercado asiático

Planejando antes: o que você precisa fazer antes de se expandir para a Ásia

Antes de expandir um negócio para o mercado asiático, uma empresa deve tomar duas decisões importantes, incluindo decidir qual país expandir e qual tipo de formulário comercial é o mais adequado para o seu tipo de negócio.

Ao ponderar essas duas decisões importantes ao planejar a expansão de um negócio para o mercado asiático, você deve estar ciente de que o mercado asiático é unitário, o que significa que as empresas encontrarão oportunidades semelhantes, independentemente da nação que escolherem. Isso pode apresentar alguns desafios na tentativa de decidir entre duas nações. Bons indicadores que você pode examinar ao tentar tomar essa decisão são o tamanho do mercado que você deseja abordar e qualquer legislação para o setor em que você está.

No que diz respeito ao tamanho, a China e o Japão são os maiores mercados da Ásia. A China é a maior economia do mundo e o Japão é conhecido pela excelente qualidade de vida da população, o que é um bom indicador de poder de compra sólido.

China e Japão não são as únicas nações prósperas da Ásia. Existem várias economias menores, que compõem seu tamanho menor, com uma legislação mais descontraída em relação aos investimentos estrangeiros, o que permite que as empresas estrangeiras tenham mais sucesso. Dois destes são Cingapura e Hong Kong.

Visão de Cingapura

Não negligencie a pesquisa de mercado

Outros fatores a considerar ao expandir um negócio para o mercado asiático são estudos de mercado e estudos de viabilidade. Esses dois fatores ajudarão você a entender quaisquer lacunas que possam ser preenchidas e se houver necessidade de seus bens e serviços específicos.

Ao concluir as etapas acima mencionadas, o tratamento dos formulários legais e da documentação necessária é o próximo passo lógico a ser seguido na expansão de um negócio para o mercado asiático. Do ponto de vista legal, expandir um negócio para o mercado asiático pode ser feito através de uma empresa subsidiária ou através de uma filial.

Existem diferenças entre essas duas opções que devem ser cuidadosamente consideradas, pois afetarão a matriz e a entidade que opera no mercado asiático.

Expandir um negócio através de uma filial se traduz em uma entidade legal que é completamente dependente da empresa-mãe. O registro e a administração são baratos. Uma sucursal também é vantajosa do ponto de vista fiscal, uma vez que a empresa-mãe consegue compensar alguns dos impostos pagos no país asiático com os impostos pagos no país de origem.

Para alguns tipos de empresas, a expansão através do uso de uma subsidiária é a melhor opção. A empresa ainda pode ter que seguir as regulamentações da empresa matriz, mas será registrada como uma empresa independente dentro do país onde irá operar. Em termos simples, isso significa que a empresa tem independência total para operar no mercado asiático e operar sob o mesmo sistema de tributação benéfico aplicável às empresas locais.

Serviço ao cliente

Melhore suas comunicações com o encaminhamento de chamadas

O mercado asiático é um dos mercados mais competitivos do mundo, e é por isso que atrai muitos investidores estrangeiros que desejam estabelecer presença nesses países. Uma vez que você tenha decidido em qual nação operar e quando você estabelecer contatos nessa nação através dos processos de planejamento, a comunicação dentro da nação provavelmente se tornará uma etapa essencial no processo. Comprar um número de telefone virtual para se comunicar facilmente com esses novos contatos e configurar o encaminhamento de chamadas internacionais é uma decisão lógica e vantajosa para manter as linhas de comunicação abertas com esse novo mercado.

Por décadas, a United World Telecom se especializou em oferecer números de telefone virtuais para nações da Ásia e de todo o mundo. Um dos muitos recursos que a United World Telecom oferece para trabalhar em parceria com números de telefone virtuais é o encaminhamento de chamadas.

Ao expandir um negócio para o mercado asiático ou qualquer outro mercado estrangeiro, os desafios de manter as linhas de comunicação abertas tornam-se especialmente predominantes. Portanto, a utilização de números de telefone virtuais com o encaminhamento de chamadas internacionais é a maneira perfeita de preencher essa lacuna e garantir uma comunicação eficaz para todas as partes envolvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *