Se a análise excessiva leva à paralisia, os melhores profissionais de marketing encontraram o elixir para esse grande desafio. Em um mundo orientado a dados, as métricas são importantes. Os profissionais de marketing realmente entendem que a prova do pudim está nos números – figuras e estatísticas. Ao criar um plano de ação para todos esses dados, profissionais de marketing eficazes podem colocar em prática os objetivos de uma empresa.

A análise cuidadosa e metódica dos dados pode ter um impacto positivo no resultado financeiro de uma empresa, como o ROI. Métricas de vaidade, como número de seguidores, curtidas, compartilhamentos e engajamentos, são medidas ineficazes para o sucesso de uma empresa.

Profissional de marketing fazendo análise de dados para gerar insights acionáveis

Um barômetro melhor do sucesso de uma empresa é uma meta acionável, como uma meta de lucro, o número de solicitações de demonstração para um produto ou serviço, o número de itens adicionados a carrinhos de compras, metas de vendas, metas de produção etc. A análise difere acentuadamente dos relatórios, e há muito pouca percepção de tabelas e gráficos – o verdadeiro valor é como as informações são interpretadas e quais planos acionáveis ​​são implementados como resultado delas.

Ao estudar tabelas, gráficos, tendências, dados de oferta / demanda, as empresas podem formular planos acionáveis ​​como parte da grande estratégia de marketing. Os gerentes de marketing podem garantir maiores alocações orçamentárias com planos cuidadosamente definidos. O relatório é uma função importante no sistema de gerenciamento, pois avalia resultados, desempenho e atividade e apresenta esse material aos gerentes que implementam decisões estratégicas.

Quando usados ​​corretamente, os dados de marketing podem gerar decisões inteligentes. Se uma empresa está coletando dados e não os interpretando corretamente, torna-se onerosa.

Análise de dados do cliente para gerar insights acionáveis

Insights do cliente geram insights acionáveis

A análise dos dados é crítica, mas o plano de ação também é o resultado disso. Se as métricas que estão sendo analisadas não estão contribuindo para a consecução dos objetivos de negócios, é impossível.

Embora os gráficos possam parecer impressionantes, os insights acionáveis ​​são muito mais valiosos. Existem muitos sistemas poderosos de software de marketing voltados para a geração de insights acionáveis. Depois que um plano de ação é criado, é muito mais fácil criar objetivos com dados valiosos.

A pesquisa de marketing fornece os insights que podem ser usados ​​para atingir os objetivos organizacionais. Muitas ferramentas de pesquisa de mercado podem ser usadas para coletar dados qualitativos para uma empresa. Se bem feita, esta pesquisa leva a insights acionáveis ​​para o desenvolvimento de inúmeras táticas e estratégias. No que diz respeito à pesquisa, existem várias opções, principalmente a pesquisa prática e a pesquisa acadêmica. A pesquisa original é particularmente útil para profissionais de marketing.

Além disso, é também a forma mais valiosa de pesquisa para a Internet. Muitos especialistas em marketing concordam que a pesquisa nunca deve ser coletada apenas pelo bem do conhecimento; deve ser acionável para valer a pena. Os profissionais nem sempre concordam com a maneira como a pesquisa é conduzida, especialmente quando dados quantitativos e qualitativos são usados. Esse tipo de metodologia de pesquisa geralmente resulta em muitos dados que não têm valor intrínseco em um mercado dinâmico.

Ao olhar pelo espelho retrovisor, os profissionais de marketing concordam que estão tirando os olhos da estrada à frente. O marketing é sempre orientado para o futuro e deve ser direcionado a insights acionáveis.

Profissionais de marketing fazendo análises de mercado para criar insights acionáveis

As percepções acionáveis ​​são a ponte entre valor comercial e dados?

Não surpreende que muitas empresas simplesmente tenham muitos dados. Uma coisa é cultivar grandes quantidades de dados em uma infinidade de tópicos; outra é outra coisa ao obter dados úteis que serão benéficos para os clientes e a empresa.

Muitos profissionais de marketing estão apaixonados pelo conceito de “insights acionáveis” reunidos por meio de insights da experiência do cliente. No entanto, o termo tornou-se uma espécie de slogan – uma espécie de chavão.

O valor real dos dados é encontrado apenas no insight que ele fornece. Em uma estrutura piramidal, os dados (informações não processadas, incluindo texto e números) constituiriam a base, informações (dados preparados que foram processados ​​e organizados) são construídas sobre os dados, e percepções acionáveis ​​(tirando conclusões por meio da análise) são obtidas a partir de analisando os dados e informações. Como o ápice da pirâmide, idéias acionáveis ​​conduzem à ação. Todas as idéias acionáveis ​​têm clareza, especificidade, contexto, novidade, relevância e alinhamento com as metas organizacionais.

O Marketing Charts compilou uma extensa pesquisa detalhando as “Capacidades mais vitais para apoiar a estratégia de marketing”, com uma amostra de 342 executivos de marketing nos EUA, Canadá e Reino Unido com empresas que geram mais de US $ 500 milhões em receita. Uma porcentagem considerável dos CMOs (diretores de marketing) endossou os seguintes aspectos do marketing:

  • Operações de marketing – 30%
  • Comércio digital – 31%
  • Análise de marketing – 32%
  • Pesquisa de mercado e perspectivas competitivas – 32%

Informações acionáveis ​​permitem que as empresas transformem suas metas em objetivos centrados no cliente. Ao entender a atitude e o comportamento do cliente, é muito mais fácil tomar a ação certa. Começa com as interações entre empresas e consumidores. Durante essas interações, as empresas devem ficar a par das últimas tendências, desenvolvimentos e exigências do mercado. É por isso que é tão importante atender às preferências do cliente.

Como clientes do negócio, os clientes têm um papel importante a desempenhar no processo. Proprietários e gerentes de negócios devem aproveitar todas as oportunidades possíveis para realizar pesquisas por meio de compradores de varejo, comerciantes, operações de call center e funções de atendimento ao cliente através de sites comerciais.

Com as mídias sociais dominando o cenário, muitos gerentes de marketing não conseguem acompanhar todos esses desenvolvimentos em tempo real. É um processo minucioso coletando dados, analisando dados e fazendo com que esses dados funcionem como insights acionáveis.

Tornando dados acionáveis

Como tornar os dados acionáveis?

  • Otimize os dados corretos – como toda empresa é única, essa tarefa precisa ser personalizada.
  • Envolva-se com as partes interessadas – as partes interessadas (aquelas que têm interesse no negócio) têm objetivos e perguntas.
  • Os dados acionáveis ​​são mais bem alcançados por meio da segmentação de mercado, e o Google Analytics é uma ferramenta poderosa com vários segmentos “internos”.
  • Apresentação dos dados – os dados devem ser apresentados de uma maneira visualmente atraente e acionável. Dados confusos não servem para nada.
  • Dados direcionados ao contexto – todos os dados precisam ser específicos ao contexto. Caso contrário, é inútil.
  • O plano de ação – defina, meça, analise, melhore e controle os dados.
  • Empregue as pessoas certas – são elas que implementam o plano.

Longe vão os dias em que os advogados poderiam anunciar nas Páginas Amarelas, anúncios regionais de televisão e outdoors locais e manter os negócios chegando. Enquanto a publicidade tradicional ainda funciona, o marketing legal hoje gira amplamente em toda a web.

Quando um cliente em potencial precisa de um advogado hoje, é provável que ele recorra ao Google. Isso torna vital que os escritórios de advocacia tenham marcas visíveis on-line, se quiserem ser encontrados, criar confiança e conquistar novos clientes.

Marca de advogado on-line

Vejamos três elementos essenciais para marcar com sucesso sua prática jurídica na Web.

1. Site do escritório de advocacia profissional

O design e o conteúdo da web do seu escritório de advocacia devem causar uma boa impressão. Sua marca, incluindo sua especialidade, deve ser clara. Sua mensagem deve ser convincente. E sua imagem geral deve transmitir confiança.

Não é suficiente criar um site simples, listar seus serviços e incluir suas informações de contato. Os sites não são mais apenas folhetos virtuais.

Em vez disso, o site do escritório de advocacia deve parecer profissional, fácil de navegar e conter conteúdo que responda às perguntas de seus clientes em potencial.

Provavelmente não será um projeto de bricolage. Em vez disso, convém contratar um web designer e redator profissional para garantir o melhor desempenho da sua marca.

2. Escritório de Advocacia SEO

Ter um site profissional não é suficiente. Você precisa obter clientes em potencial para visitar. E uma maneira de fazer isso é através do escritório de advocacia SEO.

O que é SEO?

SEO, ou otimização de mecanismos de pesquisa, é o ato de tornar seu site altamente exibido nos rankings dos mecanismos de pesquisa.

Em outras palavras, digamos que você se especialize em direito de divórcio em Los Angeles. Se um cliente em potencial pesquisar no Google “advogados de divórcio em LA”, você deseja que seu site seja classificado na primeira página dos resultados da pesquisa.

SEO é como você faz isso. É um processo complexo que envolve desde saber que tipo de conteúdo criar (saber o que seus clientes em potencial estão procurando) até criar links para o site do escritório de advocacia a partir de sites de terceiros.

Existe até uma especialidade conhecida como “SEO local”, que ajuda a classificar bem as pesquisas vinculadas à sua localização.

Por exemplo, um cliente em potencial pode procurar “advogados de divórcio perto de mim”. O SEO local garantiria que eles encontrassem seu escritório de advocacia listado, um mapa para o local do escritório, suas informações de contato e até mesmo avaliações de clientes anteriores.

Embora você possa lidar com a pesquisa básica de palavras-chave e a criação de conteúdo, o SEO jurídico é incrivelmente competitivo. Portanto, considere contratar um profissional especializado em SEO para escritórios de advocacia para ajudá-lo a melhorar a imagem e o ranking da sua marca nos mecanismos de busca.

Advogado

3. Marca pessoal e liderança de pensamento

Nem todo o conteúdo que você compartilha é sobre SEO. Alguns tem a ver com retratar você ou sua empresa como um líder de pensamento. É mais relações públicas online do que marketing, focado em aprimorar sua reputação como líder em sua especialidade.

Isso pode incluir qualquer coisa, desde a publicação de comentários relevantes do setor em sites de mídia social até a publicação de estudos de caso legais ou guias de formato longo em seu site.

Uma das melhores formas de publicação de liderança de pensamento que pode ajudá-lo a se destacar é o lançamento de um relatório com base em pesquisas originais relacionadas aos seus clientes-alvo.

Por exemplo, você pode realizar uma pesquisa relacionada a processos de divórcio em sua cidade ou região e liberar os resultados. A idéia é mostrar que você não é “apenas mais um advogado”. Você ajuda os clientes em potencial a se sentirem melhor informados e está no topo do seu jogo – o tipo de advogado com quem eles querem trabalhar.

Quando se trata de marcar sua prática jurídica na Web, lembre-se de que tudo se resume a três coisas: visibilidade, clareza e reputação. Ajude os clientes a encontrar você. Deixe claro como você pode ajudá-los. E mostre a eles que você é um escritório de advocacia no qual eles podem confiar.

À medida que a era do avanço digital cresce, você vê uma evolução significativa nas tendências de streaming. A transmissão ao vivo de qualidade aprimorada é a nova conversa na cidade, pois a indústria de streaming continua a penetrar em todas as esferas da vida, especialmente quando se trata de empresas.

O avanço tecnológico resultou em melhor conectividade, melhor qualidade de vídeo e maior acessibilidade dos serviços de streaming na Internet e influenciou bastante os negócios.

Evento de transmissão ao vivo
crédito da foto: JD Lasica / Flickr

A transmissão ao vivo, sem dúvida, abriu novos horizontes e provou ser um divisor de águas para as estratégias de negócios. A seguir mencionadas, estão algumas das tendências mais recentes que podem revolucionar os negócios.

Envolvimento máximo do cliente

A transmissão ao vivo está mudando as tendências do setor de marketing e fornecendo uma melhor plataforma para a manifestação de idéias inovadoras, resultando no máximo envolvimento dos clientes. A organização está utilizando a transmissão ao vivo como parte de seus planos de negócios para se destacar em seus negócios.

Vantagens da transmissão ao vivo interna

As empresas podem se beneficiar muito da transmissão ao vivo para melhorar ainda mais sua cultura corporativa e gerar melhores laços entre os funcionários. As reuniões e treinamentos internos da equipe geralmente são realizados por vídeo ao vivo e resultam em maior produtividade e ajudam os funcionários a permanecerem conectados. A transmissão ao vivo interna resultou em melhores resultados.

Melhores serviços de treinamento

O progresso de uma empresa depende muito do treinamento de seus funcionários. Com o uso do streaming de vídeo, o treinamento dos funcionários pode ser mais interativo e eficaz. Foi comprovado por pesquisas que o vídeo sempre melhora o aprendizado. As sessões de treinamento ao vivo sempre provam ser eficazes, pois não exigem que as partes se reúnam em um só lugar e as evitam da viagem.

Transmissão ao vivo externa

Pode ter um grande impacto quando se trata de estratégias de marketing. A transmissão ao vivo externa é um ótimo meio para propagar todas as mensagens da marca e para melhor interação com o público. Não será exagero dizer que a transmissão ao vivo é uma estratégia muito forte para maximizar sua marca. No entanto, é sempre bom escolher uma plataforma de streaming ao vivo mais confiável e segura para streaming externo, pois o conteúdo comunicado pode ser sensível.

Lançamentos de produtos

As empresas estão bem cientes do hype que precisa ser criado sempre que um novo produto for lançado. A transmissão ao vivo é uma das ferramentas mais eficazes para promover seu público-alvo. Pode causar um enorme impacto ao tornar seu produto um grande sucesso. Empresas ainda menores podem criar ondas usando esse fenômeno e dar vida ao novo produto ou serviço. A transmissão ao vivo exerce uma influência muito mais forte do que os comunicados à imprensa. Ele permite que você interaja com seus consumidores em relação a suas dúvidas e preocupações.

Transmissão de vídeo ao vivo

Domínio das mídias sociais na transmissão ao vivo

Facebook, Instagram etc. são o núcleo do marketing de conteúdo de mídia social e têm um impacto profundo no crescimento dos negócios. Hoje, recursos como o Facebook Live melhoraram ainda mais as interações bidirecionais. O streaming não se restringe apenas a aplicativos sociais; portanto, em 2020, as empresas devem ir além da mídia social para aproveitar ao máximo suas estratégias de vídeo ao vivo.

O streaming vai além do marketing e do comércio eletrônico

O streaming deve ser incorporado como uma parte importante da sua estratégia de negócios no próximo ano. Existem muitos exemplos de empresas florescentes, incluindo médicos virtuais, várias formas de programas de suporte ao cliente, bancos e outros que utilizaram com êxito o streaming de vídeo para facilitar seus clientes de uma maneira muito melhor e proporcionar maior satisfação aos funcionários. Atualmente, várias empresas contam com a tecnologia de streaming para os serviços que oferecem.

As empresas estão explorando novas possibilidades na tecnologia de streaming para avançar na competição, apresentando os mais eficazes planos de marketing incorporados de streaming na Internet.

Colaboração aprimorada

A transmissão ao vivo de vídeo está assumindo o controle, seja em programas profissionais de comunicação ou treinamento, reuniões ou entrevistas. A popularidade generalizada do streaming de vídeo se deve às crescentes demandas de uma melhor colaboração entre consumidores e provedores de serviços.

O streaming ao vivo está realmente mudando as estratégias e tendências de negócios. No entanto, eles exigem principalmente um serviço de internet confiável. Qualquer conexão lenta ou interrompida à Internet pode ser um grande obstáculo. Para conferir ainda mais os pacotes impressionantes da Internet, clique aqui. É recomendável procurar provedores de serviços de Internet de alta qualidade. Eles geralmente oferecem planos de negócios comerciais distintos e impressionantes para tornar a transmissão ao vivo um sucesso completo!

Homem de pesquisa paga

A pesquisa paga desempenha um papel importante no tráfego, visibilidade e conversões. No entanto, se você não souber como aproveitá-lo, acabará desperdiçando recursos e diluindo a imagem da sua marca. Você sabe quais erros estão cometendo, se houver algum?

O que é pesquisa paga?

“A pesquisa paga é uma forma de marketing digital em que mecanismos de pesquisa como Google e Bing permitem que anunciantes exibam anúncios em suas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa (SERPs)”, explica o Search Engine Watch. “A pesquisa paga funciona em um modelo de pagamento por clique, o que significa que você faz exatamente isso – até que alguém clique no seu anúncio, você não paga. Isso o torna um canal de marketing mensurável e controlável em comparação com as formas mais tradicionais de publicidade. ”

A pesquisa paga também é comumente referida como SEM (Search Engine Marketing). As plataformas mais comuns de pagamento por clique (PPC) incluem Google AdWords, Bing Ads e Yahoo Search Ads. No entanto, muitos também incluiriam plataformas de mídia social como Facebook e Instagram.

A pesquisa paga é a contrapartida do marketing de pesquisa orgânica – também conhecido como otimização de mecanismo de pesquisa (SEO). Para aproveitar ao máximo o marketing digital, é altamente recomendável que as marcas invistam na pesquisa paga e na pesquisa orgânica.

Objetivo de marketing perdido

4 erros de pesquisa paga para evitar

A pesquisa paga requer alguma habilidade e competência técnica para ser acertada. Conforme você define sua estratégia, evite erros dispendiosos como estes:

1. Focar muito no custo por lead

Por muitos anos, o custo por lead (CPL) foi a métrica preferida para medir a eficácia dos resultados das campanhas de marketing de pesquisa. No entanto, especialistas na área perceberam que a análise baseada na CPL é extremamente enganadora. Sabe-se que ele arruina campanhas sozinho.

Quando uma campanha é focada exclusivamente na CPL, você se concentra demais nos cliques e não é suficiente nas conversões. Em vez disso, você deve enfatizar a lucratividade. Quais palavras-chave geram o menor custo por venda e quais anúncios estão criando o valor mais tangível para sua empresa?

2. Não entendendo quem é seu público

O segundo grande erro é não entender quem é seu público e o que ele deseja. A falta de entendimento limitará suas habilidades de segmentação. Isso levará à segmentação inadequada do público-alvo e ao desperdício de gastos com anúncios. Você pode corrigir isso fazendo um estudo analítico mais aprofundado sobre quem são seus clientes-alvo e quais comportamentos de compra eles exibem.

Armado com as informações demográficas corretas sobre o seu público, você precisa garantir que sabe exatamente o que o seu público deseja, para poder alinhar essas necessidades à sua estratégia de marketing de pesquisa. Como regra geral, a pesquisa paga é projetada para obter resultados imediatos.

“[Paid search is] mais eficaz para usuários que desejam fazer uma compra ou encontrar uma solução naquele momento ”, explica LumenAd. “Em outras palavras, é ótimo para gerar conversões”.

Enquanto o marketing de pesquisa orgânica tem tudo a ver com a criação de funis e, lentamente, incentivando as pessoas até que estejam prontas para fazer uma compra, a pesquisa paga é sobre alcançar as pessoas certas e convencê-las a converter em um ou dois cliques. Se você conseguir fazer isso bem, terá sucesso.

3. Escrever cópia ruim

Muitas marcas ficam tão empolgadas ao descobrir que uma palavra-chave se encaixa no seu orçamento que elas apenas começam a exibir anúncios sem muita ênfase na cópia. Este é um grande erro. A cópia do anúncio é sem dúvida o elemento mais importante e deve ser tratada como tal.

Os anúncios PPC oferecem muito pouco espaço para erro. Você é severamente limitado por uma restrição rígida nos personagens e precisa ir direto ao ponto. Supondo que você saiba quem é seu público e o que ele deseja, você tem as ferramentas necessárias para ter sucesso. Para obter melhores resultados, fale diretamente com seu público e use gatilhos emocionais para sua vantagem. (Qualquer cópia de anúncio que evoque o medo de perder, ou FOMO, geralmente é bastante eficaz.)

4. Negligenciar extensões de anúncio

Embora a cópia do anúncio seja mais importante, não subestime a importância das extensões de anúncio. Negligenciá-los é um grande erro.

“Embora as extensões de anúncio nem sempre façam parte do seu anúncio, quando são exibidas, elas são importantes”, menciona o Search Engine Land. “O Google relata que a adição de uma nova extensão de anúncio geralmente aumenta as taxas de cliques em 10 a 15%, portanto vale a pena investir algum tempo”.

Criando estratégia equilibrada

Implementar uma estratégia equilibrada

Uma boa estratégia de marketing digital tem tudo a ver com equilíbrio. É responsável pela pesquisa orgânica e pela pesquisa paga. Aperfeiçoe os dois lados da equação por meio da otimização contínua. No final, uma estratégia abrangente ajudará você a gerar um retorno robusto do investimento.

Quando você administra uma pequena empresa, uma das maiores ameaças que você pode enfrentar é o litígio. Como proprietário de uma pequena empresa, simplesmente não é possível que você saiba tudo, e é aí que muitos proprietários de empresas acabam tendo problemas.

Proteção contra litígios em pequenas empresas

Portanto, se você tem uma pequena empresa e deseja protegê-la de litígios, aqui estão algumas coisas que você deve fazer:

1. Assista ao que você diz ou faz

A imagem do seu negócio é fundamental para a sobrevivência. Você, como proprietário e seus funcionários, deve ter muito cuidado ao fazer anúncios públicos ou realizar qualquer negócio que possa parecer questionável. Tenha muito cuidado com o que diz, pois as declarações podem ser facilmente interpretadas como caluniosas ou até difamatórias. Você também deve garantir que não esteja envolvido em nenhum problema de conflito de interesses.

Assim, por exemplo, se você é um cidadão honesto da sua comunidade e é eleito para o conselho da cidade e ajuda na aprovação de uma ordenança que poderia levar o seu negócio a se beneficiar, isso seria um conflito de interesses. Essa situação pode, portanto, levar você a ser processado.

2. Contrate um advogado

A lei é complicada e complicada, e não é possível que você, como proprietário de uma empresa, conheça todos os meandros relacionados a questões legais – a menos que você seja um advogado de negócios. Portanto, é do seu interesse contratar um advogado competente para ajudá-lo a navegar pelas nuances legais freqüentemente complicadas envolvidas na administração de um negócio. Agora, surge a questão do tipo de advogado que você deve contratar.

Muitos tipos de advogados podem ajudá-lo com o seu negócio, mas um que seria mais apropriado para o seu pequeno negócio poderia ser um advogado de emprego. Isso ocorre porque a maioria dos problemas jurídicos enfrentados pela maioria dos pequenos empresários está relacionada ao emprego.

3. Separe suas finanças pessoais das finanças da sua empresa

Muitos proprietários de pequenas empresas são proprietários únicos e, por isso, seus ativos (como carros ou casas) estão vinculados às suas empresas. No caso de ser processado, torna-se possível para os litigantes atacarem não apenas seus negócios, mas também seus ativos.

É aconselhável separar suas finanças pessoais das de sua empresa. Faça da sua empresa uma entidade totalmente separada. Isso pode ser feito com a confiança do seu negócio ou a incorporação do seu negócio. Dessa forma, sua casa, assim como sua riqueza pessoal, estará segura se sua empresa estiver sendo processada.

O seguro é uma bóia de vida para sua vida
crédito da foto: L´imaGiraphe / Flickr

4. Fique seguro

Os proprietários de pequenas empresas geralmente não entendem o que pode ser um seguro de responsabilidade pessoal enorme para a rede de segurança. Dessa forma, se um cliente o processar por se machucar em seu local de negócios ou por não cumprir um contrato, então você estará protegido.

5. Contratos estanques

Se você estiver celebrando um contrato com alguém, verifique se ele também inclui cláusulas que protegem você e os interesses da sua empresa. Se houver circunstâncias que estejam além do seu controle (como um desastre natural, um fornecedor que não cumpra o compromisso, etc.), deve haver cláusulas no contrato que impeçam o seu cliente de processá-lo por quebra de contrato.

6. Proteja seus dados

Vivemos em um mundo onde a tecnologia e a internet dirigem tudo. No entanto, esses são sistemas que podem e irão (em algum momento) avariar. Caso sua empresa seja atingida por uma falha no sistema de tecnologia que possa impactar suas operações comerciais ou obrigações contratuais. Você precisa garantir que haja um backup no local.

Em 2019, é essencial que você tenha uma presença digital. No entanto, este é apenas o primeiro passo se você quiser tirar o máximo proveito da Internet para expandir seus negócios. Para aproveitar ao máximo o poder da Internet para criar seus negócios, você precisará dos serviços de uma agência de marketing digital experiente.

A seguir, são apresentados os serviços que você pode obter de uma agência de marketing digital com serviço completo.

Marketing de conteúdo para B2B

1. Marketing de Conteúdo

O conteúdo é um dos principais fatores para ajudar a criar e desenvolver uma ótima presença na Internet. O conteúdo on-line está disponível no formato vídeos, gráficos e postagens no blog.

Uma agência de marketing digital ajudará seus clientes a desenvolver conteúdo de alta qualidade que atraia clientes para eles. O marketing de conteúdo também é conhecido como marketing de entrada, pois traz conhecimento dos negócios aos clientes em potencial. Clientes ou clientes em potencial buscam ativamente as informações fornecidas por uma empresa específica.

2. Otimização para mecanismos de busca (SEO)

O Search Engine Optimization é um serviço importante em marketing digital. Também está entrelaçado com o marketing de conteúdo. SEO refere-se ao processo de classificar um site com alta classificação, especialmente na primeira página dos resultados de pesquisa do Google.

Com o SEO, os profissionais de marketing digital garantem que o conteúdo que você cria seja facilmente acessível através de maior visibilidade em qualquer pesquisa na Internet. Quando uma pessoa pesquisa algo relacionado ao seu negócio, por meio do SEO, você pode acessar seu conteúdo rapidamente.

O Google, o principal mecanismo de pesquisa da Internet, possui muitas regras que governam a forma como os resultados da pesquisa são vistos. Os profissionais de SEO permanecem atualizados sobre essas regras, pois elas mudam regularmente e ajudam a garantir que seu site forneça conteúdo que levará à sua alta classificação nos resultados de pesquisa.

3. Marketing nos mecanismos de pesquisa

Este é outro serviço de marketing digital integral. Também é conhecido como Pay-per-click ou PPC. Envolve a compra de espaço publicitário por meio de mecanismos de pesquisa. O mecanismo de pesquisa que publica seus anúncios em sites que seus clientes em potencial provavelmente visitarão. Depois que eles clicam nos seus anúncios, você é obrigado a pagar; portanto, pagamento por clique.

É um empreendimento altamente técnico e complicado e, portanto, precisa da ajuda de profissionais de marketing digital. O SEM exige que você reserve um orçamento de publicidade. No entanto, é altamente eficaz e gera resultados rápidos.

Agência de marketing digital

4. Gerenciamento de Mídia Social

A mídia social é uma das melhores maneiras para as organizações entrarem em contato e interagirem rapidamente com seus clientes. As organizações precisam contratar pessoas ou terceirizar suas operações de gerenciamento de mídia social para empresas de marketing digital.

Eles permitem que as organizações tenham uma comunicação unificada em suas plataformas de mídia social. Com esse serviço, as empresas podem mostrar a seus clientes em plataformas diferentes a mesma coisa a qualquer momento. Isso cria consistência nos planos e gerenciamento de mídia social.

5. Desenvolvimento Web

Um site é um passaporte que as empresas usam para acessar a Internet. Com um site, uma empresa pode publicar o conteúdo criado e atrair um grande número de pessoas para ele.

As agências de marketing digital ajudam as organizações a desenvolver sites que atendam às suas necessidades específicas. Os sites permitem que os clientes em potencial entrem em contato facilmente com uma organização e obtenham uma visão geral dos produtos e serviços que eles fornecem.

6. Relações Públicas

As agências profissionais de marketing digital também oferecem serviços profissionais de relações públicas quando necessário. Eles são capazes de ajudar a melhorar a reputação de qualquer empresa e também ajudam a desenvolver um plano de comunicação com diferentes partes interessadas da empresa, como governo, público em geral, clientes, fornecedores e acionistas usando diversos canais.

Conclusão

Uma empresa completa de serviços de marketing digital de serviço completo é tudo que você precisa para seus serviços de marketing digital. Eles se esforçam para garantir que sua presença on-line possa ter um grande impacto na sua marca e nos resultados financeiros.

Para obter os melhores resultados de seus esforços de marketing digital, garanta o melhor do mercado para o serviço que você precisa.

A fotografia é uma das chaves para uma comunicação eficaz nas mídias sociais. Muitas pessoas são visualmente motivadas, e a qualidade de uma imagem anexada a uma postagem costuma ser suficiente para incentivar essas pessoas a clicar, curtir e compartilhar uma postagem. Os usuários de mídia social que não entendem o poder da mídia visual geralmente jogam em desvantagem em comparação com seus concorrentes.

Greg Kadel descreve como a fotografia e as mídias sociais se cruzam, explicando como um influenciador de mídia social pode usar fotos para incentivar uma melhor interação e compartilhamento de suas postagens.

Influencer fotografa sua comida para seu post de mídia social

De mãos dadas: Fotografia e mídias sociais

Ao planejar uma publicação em mídia social, o escritor também deve consultar um fotógrafo ou encontrar a foto certa para aprimorar seu trabalho. Sem uma imagem anexada, muitas pessoas simplesmente passam a mensagem, ignorando-a completamente. Uma imagem precisa corresponder perfeitamente ao tom da publicação nas mídias sociais e precisa ser de alta qualidade.

O uso de técnicas de fotografia amadora fará com que o pôster pareça não ser uma autoridade no campo. Isso também pode ser visto no vídeo, onde os vídeos gravados verticalmente e não horizontalmente fazem com que um usuário ou empresa de mídia social pareça não profissional.

A mídia social é inerentemente um meio visual. Muitas pessoas rolam rapidamente seus feeds de notícias, parando apenas quando veem uma imagem atraente. A falta de um elemento visual fará com que as postagens sejam negligenciadas.

Evitando idéias de fotos de clichê

Muitas das armadilhas que antes tornavam uma foto atraente caíram no esquecimento. Algumas técnicas fotográficas que estão fora de moda agora incluem reflexos de lente e aparência “filtrada”. As contas de mídia social de hoje precisam ter uma visão mais autêntica de seu conteúdo.

Branding no ramo da fotografia

Use enquadramento e composição adequados

Para causar uma impressão positiva nas mídias sociais, é necessário observar o básico da estrutura e composição fotográficas. Essas técnicas básicas ajudarão as suas fotos a brilhar e a parecerem mais profissionais.

Ao enquadrar uma foto, é melhor usar a regra dos terços. Isso significa separar a foto em nove segmentos retangulares. Tente colocar o assunto ao longo de uma das linhas verticais. Isso dará ao espectador uma visão melhor do plano de fundo e chamará a atenção para explorar toda a imagem.

Ao fotografar uma composição quadrada para o Instagram, colocar o assunto diretamente no centro do quadro também é eficaz.

Usar o plano de fundo, o plano intermediário e o primeiro plano exige efetivamente alguma prática, mas essa é outra aplicação da regra dos terços. Sua composição deve trazer uma sensação de movimento e atividade dinâmica ao seu assunto.

Resolução

Ao tirar uma foto para a mídia social, verifique se a resolução é alta o suficiente para parecer atraente em uma variedade de configurações de zoom da página. Por exemplo, o Facebook possui um modo de visualização em tela cheia, que pode fazer com que imagens menores pareçam não polidas e sem foco. Certifique-se de enviar uma imagem com pelo menos 1000 pixels de dimensão, com 2000 pixels uma opção ainda melhor.

Edição de fotos para mídias sociais

Edição

Mesmo snaps rápidos para mídias sociais exigem edição adequada para serem eficazes. Não usar filtros em excesso é uma consideração importante. Às vezes, um filtro pode ajudá-lo a se expressar artisticamente, mas com mais frequência fará com que sua foto pareça “enlatada” e pouco profissional.

Explore a edição das sombras da sua foto. Tente fazer com que a imagem pareça mais com a que era quando você a viu na vida real. Às vezes, sombras e realces são distorcidos pela câmera. Edite as cores para proporcionar mais vibração. No entanto, não exagere ou suas cores serão saturadas e irrealistas.

Conte uma história

A foto mais eficaz para a mídia social será acompanhada de uma história convincente. Muitos usuários de mídia social passam seu tempo fazendo “humblebrags” ou compartilhando apenas suas melhores realizações. Isso pode desativar os espectadores que preferem ver uma visão autêntica do assunto. O texto é particularmente importante no Instagram, onde uma legenda cuidadosamente construída pode atrair usuários e tornar seu conteúdo mais compartilhável.

Influenciador e hashtags

Compartilhamento e Hashtags

Compartilhar suas fotos com eficiência pode ser a chave para o sucesso das mídias sociais. Ao compartilhar uma foto, verifique se está fazendo isso na área correta. Se você é um fotógrafo de paisagens local, tente ingressar em grupos de interesse locais e compartilhar seu trabalho lá. Isso provavelmente trará tráfego para a página da sua empresa, onde as pessoas podem estar interessadas em comprar cópias do seu trabalho para si.

Outro aspecto das mídias sociais que você precisa aproveitar é a hashtag. As hashtags são especialmente cruciais no Instagram, onde um usuário pode postar até 30 hashtags por foto. É melhor colocar suas hashtags no primeiro comentário na foto para que elas não sejam uma distração para o espectador.

Comunicação eficaz através da fotografia

A mídia social está intrinsecamente ligada à expressão visual. Fotos e vídeos precisam ser profissionais e bem organizados. Tome cuidado para evitar clichês, use o enquadramento, a resolução e a edição adequados, e verifique se a postagem está marcada corretamente para ajudar a garantir o sucesso da mídia social. Greg Kadel incentiva todos os usuários profissionais das mídias sociais a aprimorar suas caixas de ferramentas de fotografia.

O marketing digital de hoje exige um entendimento completo do setor. Novas técnicas e estratégias formam uma parte importante para destacar sua empresa on-line. Quando as empresas prestam atenção ao básico do marketing digital, elas poderão criar caminhos para um maior sucesso.

Dwayne Harmon, um profissional de marketing digital experiente e fundador da Metanoia Consulting com sede na Flórida, compartilha as 7 principais maneiras pelas quais as empresas podem atualizar seu marketing digital e oferece estratégias para ajudar as empresas a lidar com esse ambiente em mudança.

Reunião da equipe de marketing digital

1. SEO (Otimização de sites)

SEO é uma arte e uma ciência. Já percorreu um longo caminho desde o início dos anos 2000, quando tudo o que as empresas precisavam eram listas de palavras-chave para se apresentarem da melhor maneira possível online. O SEO é um campo em constante mudança, e é aconselhável contratar uma empresa ou consultor especializado para garantir que você não caia nessa brecha.

Uma das mudanças mais importantes que as empresas precisam fazer em seu site para preservar sua reputação online é passar de um protocolo HTTP para HTTPS. Sem o HTTPS, o Google marcará seu site como inseguro, fazendo com que os clientes se afastem e encontrem uma empresa melhor para fazer negócios. Uma boa empresa de hospedagem na Web pode alterar facilmente seu site de HTTP para HTTPS, a fim de preservar seus resultados de pesquisa.

2. Marketing com mecanismos de pesquisa

Outro aspecto do gerenciamento do que os mecanismos de pesquisa podem fazer pelo seu negócio é o marketing de mecanismos de pesquisa, também conhecido como SEM. Esse método envolve a compra de anúncios e a priorização dos resultados da pesquisa quando os clientes procuram sua empresa on-line.

Os anúncios do Google e os anúncios de pesquisa / exibição são partes vitais desse serviço. Os anúncios do Facebook são outra ótima maneira de aumentar a visibilidade da sua empresa, se você é uma pequena empresa local, como uma loja de varejo ou um restaurante ou uma grande empresa que presta serviços a terceiros.

3. Pesquisas Locais

Embora o marketing on-line tenha permitido às empresas globais alcançar o consumidor diário, a maior parte do marketing é feita em nível local, de acordo com Dwayne Harmon. Os profissionais de marketing digital precisam garantir que seus serviços sejam promovidos localmente. O posicionamento preferencial no Google e em outros mecanismos de pesquisa é obrigatório. Também é importante aparecer em mapas locais da área, incluindo o Apple Maps e o Google Maps. Muitos clientes pesquisam com consultas como “restaurantes perto de mim” para encontrar um negócio.

A publicidade local também pode incluir o Facebook, Twitter e Instagram. Também vale a pena manter um pé nas arenas não digitais de anúncios em jornais e mala direta, se forem apropriados para o seu negócio. Muitos clientes ainda gostam de receber cupons e menus em papel pelo correio.

4. Aproveite as avaliações on-line

Um aspecto da estratégia de marketing digital de hoje é acompanhar de perto todas as análises on-line relacionadas à sua empresa. Avaliações do Google, Facebook e Yelp são partes vitais dessa estratégia. Certificar-se de que todas as avaliações dadas ao seu negócio sejam justas e imparciais é uma grande parte do sucesso do marketing digital. Se seus clientes tiverem problemas legítimos com sua empresa, trabalhe com eles para resolvê-los. Ser responsivo às revisões on-line significa que a reputação da sua empresa aumentará.

Outra parte do marketing digital inteligente é saber como eliminar críticas negativas e injustas. Muitas empresas, como o TripAdvisor e o Yelp, têm caminhos para as empresas removerem críticas ruins que não se baseiam na realidade.

Profissional de marketing de conteúdo

5. Marketing de Conteúdo

Para apresentar sua empresa da melhor maneira possível, o site e as presenças nas mídias sociais precisam conter conteúdo original e de qualidade. Os clientes são mais experientes e podem detectar conteúdo falso. Eles também podem dizer quando esse conteúdo foi carregado sem nenhuma preocupação com a verdade.

É inteligente ter uma equipe de marketing de conteúdo dedicada. Se você não pode gerenciar isso em sua própria empresa, convém contratar uma agência de marketing digital para fazer isso por você. Os melhores resultados do mecanismo de pesquisa do mundo não o ajudarão se não houver conteúdo de qualidade para os visitantes usarem.

6. Compatibilidade com dispositivos móveis

É crucial que todos os sites tenham compatibilidade móvel completa. Uma parcela crescente de clientes faz a maioria, se não todos, de seus negócios on-line em um smartphone ou tablet. Se um site não tiver bons resultados para dispositivos móveis, muitos clientes descartarão completamente os negócios e passarão para outra empresa com um bom site para dispositivos móveis. Isso pode representar um enorme problema, especialmente para empresas mais antigas e tradicionais que estão apenas começando com sua presença na Web.

Verifique se a equipe de criação de sites cria uma experiência móvel robusta para seus clientes. Os tempos de carregamento também são extremamente importantes. A maioria dos clientes sai de um site se demorar mais de três segundos para carregar em uma plataforma móvel. Em uma estatística reveladora, 57% de todos os consumidores on-line recusarão recomendar um site específico se sua presença móvel não for bem cuidada.

7. Remarketing

Remarketing é um conceito simples. Envolve capturar os visitantes recentes do site e apresentar anúncios para o site quando eles visitam outras páginas. Isso é feito através do uso de cookies. Isso pode ajudá-lo a contornar o problema de não ser percebido por um cliente. Também ajuda a lembrar aos clientes o motivo pelo qual eles visitaram seu site em primeiro lugar.

Criar novos anúncios significa que você pode segmentar clientes de acordo com seus pontos negativos. O remarketing também é crucial na construção da reputação da sua marca, portanto, faça-o corretamente. Uma abordagem sutil geralmente é melhor do que saturar seus clientes repetidos com anúncios.

Marketing digital

Ferramentas de Marketing Digital

Ao usar essas 7 dicas da Dwayne Harmon, você poderá criar uma presença robusta de marketing digital. É importante manter sempre em mente a reputação pública da sua empresa ao criar uma estratégia de marketing digital. SEO, marketing de mecanismos de pesquisa, pesquisas locais, análises on-line, compatibilidade com dispositivos móveis e remarketing são excelentes maneiras de garantir que sua empresa se destaque entre seus concorrentes.

Como praticamente todos os aspectos da vida como a conhecemos hoje, o setor de marketing passou por uma transformação revolucionária nos últimos anos. Essa revolução se baseia na cauda da digitalização e do avanço tecnológico e é impulsionada para sempre em frente pelas inovações em andamento que continuam a torná-la mais ousada, melhor, mais rápida e mais forte.

A iteração moderna do marketing é apropriadamente chamada de marketing digital. Atualmente, as empresas modernas dependem mais das estratégias de marketing digital do que dos conceitos tradicionais de marketing, mas por que exatamente isso? O que é o marketing digital que o torna tão popular entre empresas em todo o mundo?

Equipe de marketing digital

Leia para saber se o marketing digital é algo em que sua empresa deve considerar o foco.

Há algo a ser dito para abraçar o novo

Se existe apenas uma verdade no marketing digital, é que é mais ou menos a nova e brilhante iteração da era digital do marketing tradicional. E embora o marketing tradicional tenha trabalhado sua mágica por décadas (e ainda seja bastante forte por si só), não há como negar que existe uma certa mágica sobre o marketing digital que o define firmemente no topo das estratégias de marketing.

As empresas inteligentes estão prestando atenção às táticas de marketing digital, e estão fazendo isso com um surto que as vê ir de força em força, uma e outra vez. Nesse mundo digitalmente inclinado, é claro que faz sentido que o marketing digital comece a se firmar, gradualmente, mas com segurança, se tornando a estratégia de marketing mais popular que existe.

Existe poder em ter uma exposição global ao seu alcance

A verdadeira essência da longevidade e sucesso do marketing digital como principal guarda-chuva da estratégia de marketing na era digital é o potencial ilimitado. A natureza virtual do marketing digital significa que os esforços realizados por meio de estratégias de marketing digital têm o apoio e a corrida para levar à exposição internacional, que talvez seja também o maior ponto de venda do marketing digital.

O marketing digital tem tudo a ver com colocar o poder nas mãos virtuais do espaço amplo e amplo da Internet e, por esse motivo (e por muitos outros motivos subjacentes), é a poderosa ferramenta múltipla de empresas e indivíduos modernos.

Há espaço para qualquer nicho no marketing digital

Há espaço para qualquer tipo de empresa alcançar marketing inteligente por meio de esforços de marketing digital. Seja para uma empresa de tecnologia, uma boutique artística, uma empresa automotiva ou um advogado de acidentes de trabalho (para citar alguns exemplos comuns), existe um nicho (ou uma demografia inteira inexplorada, por sinal) que pode ter dificuldade em encontrar recursos adequados de marketing por meio de esforços estritamente tradicionais de marketing.

O marketing digital permite que qualquer nicho encontre seu público-alvo, trabalhando sua mágica para criar essencialmente uma abordagem mais saudável ao marketing para todos e qualquer pessoa, independentemente do setor em que eles façam parte e operem.

Estratégias de marketing digital

O marketing digital é um must-do

Independentemente do nicho do seu negócio, o marketing digital é um item obrigatório. Você precisa levar sua empresa à próxima era, e uma das melhores maneiras de fazer isso é digitalizando seus negócios, incluindo seus esforços de marketing.

Seus concorrentes já estão fazendo isso. Você não quer ficar para trás, especialmente quando ficar para trás significa sair do negócio.

O tráfego da Web pode ser adquirido de várias maneiras diferentes. Há visitantes repetidos e links pagos e, em seguida, referências de mídias sociais ou de outros sites que citaram ou mencionaram você. Essas são partes críticas do plano de geração de tráfego, mas a única coisa que fica acima de tudo isso em termos de importância e influência é o tráfego de pesquisa.

O tráfego de pesquisa é adquirido por pessoas que pesquisam no Google ou em um dos outros mecanismos de pesquisa – eles digitam uma frase ou palavra-chave e seu site é retornado como uma das recomendações da página. Para que isso ocorra, você precisa ser otimizado adequadamente para a pesquisa, o que não é tão fácil quanto parece.

Aumentando o tráfego de pesquisa

Existem muitos mitos e conceitos errôneos sobre como fazer isso corretamente. Com isso em mente, aqui estão quatro coisas que você provavelmente não sabia sobre o jogo do mecanismo de pesquisa.

1. Por que o SEO é importante?

Você pode se perguntar por que a pesquisa é um elemento tão importante na aquisição de tráfego. A resposta está no volume total e na quantidade de potencial contida nele. Somente o Google processa 63000 pesquisas por segundo. São mais de três milhões e meio de pesquisas em um minuto.

Portanto, se a obtenção do seu SEO correto o ajudar a aproveitar até uma fração dessa audiência, você estará indo muito bem.

2. O algoritmo muda

É muito difícil saber exatamente o que funciona e o que não funciona porque o Google não deseja ser manipulado. Como tal, eles alteram regularmente seu algoritmo para garantir que o sistema não possa ser utilizado. Por esse motivo, alguns especialistas dirão que você será brutalmente punido por conteúdo duplicado, enquanto outros dirão que isso não importa.

A verdade é que ambos podem estar certos. É difícil saber exatamente qual é o status quo a qualquer momento.

3. Não se trata apenas de conteúdo

Há muito peso no conteúdo, mas a realidade é a dos dez maiores sites do mundo, apenas dois deles são o que seriam definidos como sites de conteúdo. Então, sim, enquanto os mecanismos de pesquisa gostam de conteúdo, eles sabem que nem tudo é baseado em conteúdo.

O objetivo final de um site como o Google é devolver a melhor recomendação para seus usuários e, se um usuário deseja comprar ingressos para a Espanha ou abrir uma conta bancária nas Bahamas, é bem provável que a recomendação não seja um site de conteúdo. Mas isso não quer dizer que o site que ele acaba recomendando não tenha boa otimização.

Produção de conteúdo de vídeo

4. Google adora vídeo

Relatórios recentes sugerem que o Google gosta tanto de vídeos e rich media que, se você tem um vídeo em sua página inicial, duplica imediatamente sua chance de exibir a primeira página de recomendações do Google. E todos sabemos que é aqui que você quer estar. Sites que aparecem na segunda página de resultados ou pior têm uma chance muito pequena de serem clicados.

O objetivo é ser listado primeiro e, se o vídeo dobrar sua chance de chegar à página inicial; bem, então, você sabe o que deve fazer.

Qual é o próximo?

Agora você sabe quais são as coisas que contribuem para o seu tráfego na web. Se você deseja aumentar seu tráfego, o que você precisa fazer primeiro é fazer bem essas quatro coisas. Por suposto, não é fácil, mas muito factível.

A Pesquisa do Google é sua amiga, para que você sempre encontre as práticas recomendadas para fazer isso bem. Obviamente, se você tiver o orçamento, a contratação de um especialista poderá ser mais eficaz e eficiente. A escolha é sua.