Hoje, mais do que nunca, há um número esmagador de concorrentes que as organizações precisam ficar à frente. Uma dessas raças está mantendo os projetos de TI (e orçamentos) sob controle. Isso não está nem na superfície de um dos projetos de gerenciamento: desde construir uma visão até tornar essa visão uma realidade, bem como contratar as pessoas certas para executar essa visão usando a tecnologia certa.

Gerenciamento de projetos de TI

Aqui estão vários métodos para manter os projetos de TI sob controle.

1. Celebre Marcos

Crie marcos (metas) para sua equipe. Quando uma dessas etapas for aprovada, reconheça a conquista da sua equipe e comemore com ela. Essa é uma maneira fenomenal de acompanhar o progresso do projeto e fornecer insights sobre os locais onde a otimização precisa ocorrer.

2. SaaS

Não há como negar que o gerenciamento de serviços cognitivos, fornecido por meio de um SaaS, tornaria as coisas muito mais fáceis no futuro. Dependendo da tecnologia que você usa, você pode optar por fazer escolhas mais econômicas usando vários dispositivos em vários departamentos multicanais.

3. Faça um plano realista

Não existe “planejamento demais”, especialmente em casos em que o escopo do projeto não é levado em consideração. Realizar reuniões consecutivas para planejar uma estratégia inquebrantável é crucial, porque temos uma tendência a atirar para a lua quando deveríamos estar atirando para o céu.

4. Gerenciar Mudança

Lembre-se, o escopo original do seu projeto pode – e provavelmente irá – mudar. Aprender a se adaptar a essas mudanças manterá seu pé no jogo. Jaimin Doshi diz: “Use, altere, controle formulários para analisar o impacto das mudanças com relação a tempo e custo”. As mudanças ocorrerão no período.

Empresárias casuais usando cloud computing

5. Consultoria Multi-Cloud

Seres de gerenciamento de serviços com serviços de migração de várias nuvens. Se sua empresa não implementou o uso da nuvem, ela também pode ser esquecida na poeira. Por que as empresas devem usar a nuvem está além do escopo do que estamos falando hoje.

Vamos seguir em frente: é imperativo colocar toda a sua organização na nuvem – sem isso, os projetos de TI ficam para trás – Morto! Evite o caos e o drama aproveitando um serviço de otimização de várias nuvens, como os fornecidos pelo BMC Service Management. Dependendo do negócio que utiliza essa tecnologia, você será capaz de identificar (e conseguir) uma grande porcentagem de economia. Esses serviços analisam algoritmos e metodologias orientados por fatos para chegar a essas conclusões.

6. Pessoal

Uma equipe que não trabalha em conjunto não é um time – e seu projeto estará morto na água mais rápido do que Meg Ryan faz os corações derreterem. Uma maneira de impedir que isso aconteça é recusar sobrecarregar qualquer um dos membros de sua equipe com uma série de tarefas. Não importa o quão especializados eles sejam em uma área específica, “despejar” todas as tarefas dessas áreas nessa pessoa causará um curto-circuito em seu cérebro.

7. Pontos Fortes

Você conhece bem a equipe deles? Você sabe, esperançosamente, quais são seus pontos fortes de “armas secretas”. Você sabe quais são suas fraquezas? Você sabe qual de seus funcionários precisa de orientação e motivação constantes – e qual deles pode ser deixado livre para voar? Gerencie esses diferentes tipos de personalidade de acordo com o desempenho deles e faça o melhor para não enfraquecer sua faísca.

Conclusão

Os projetos de TI, por mais difíceis ou complexos que pareçam, podem ser gerenciados. Com a transformação digital da nossa idade facilitando as coisas nos dias de hoje, as equipes de TI da empresa agora têm a capacidade de concluir projetos, pois a empresa parece estar em forma. No entanto, não pode ser dito o suficiente: abraçar a IA e a automação. É o caminho a seguir.

Crescer um negócio não é tarefa fácil. É preciso muito tempo, muito trabalho, paciência e recursos para fazer, especialmente no mercado digital saturado. Muitos tentaram e falharam, mas muitos também conseguiram. E esses empreendedores on-line de sucesso têm várias coisas em comum.

Leia mais para saber como eles fizeram isso.

Proprietário de negócios on-line usando smartphone

Comece com um plano

Toda empresa começa com um plano. O crescimento também requer planejamento. Você precisa ter uma visão se quiser permanecer na indústria por um longo tempo. Objetivos e objetivo ajudam seu próximo passo.

Não espere atirar em nada e conseguir alguma coisa. Você deve saber exatamente ou pelo menos ter uma visão completa do que deseja alcançar em sua empresa. Mais importante ainda, deve haver cronograma para suas metas criar urgência e motivá-lo a trabalhar duro para alcançá-las.

As metas não são apenas boas para dar sua orientação ou ajudar você a descobrir como ir do ponto A ao ponto B. Seus objetivos também informam o quanto você já passou e quanto sua empresa cresceu desde o início.

Conheça o seu mercado

Seu mercado fornece a força vital do seu negócio. Como tal, você deve conhecê-lo intimamente – necessidades do consumidor, hábitos, valores, etc. Conhecer o mercado ajuda a determinar a melhor forma de se conectar e apelar para eles. Seu plano de negócios e estratégias de marketing seriam mais eficazes com pesquisa de mercado e dados.

Além disso, conhecer as preferências e os hábitos de seu mercado-alvo adaptam seu negócio on-line a eles. Com a ajuda de dados confiáveis ​​e uma ótima plataforma de comércio eletrônico, você pode criar um site que permita aos clientes navegar e comprar seus produtos ou serviços com facilidade e conveniência.

Não negligencie o marketing

O mercado online está ficando cada vez mais saturado. Você precisa se destacar, a fim de ter sucesso em qualquer setor que você escolhe estar. Uma maneira que você pode fazer isso é através de campanhas de marketing eficazes. O excelente marketing permite que você alcance seu público-alvo e construa relacionamentos fortes que irão impulsionar o crescimento de seus negócios.

Há muitas maneiras que você pode comercializar o seu negócio online. No topo da lista estão marketing de mídia social, otimização de mecanismos de busca (SEO), marketing de conteúdo e publicidade Pay-Per-Click (PPC). Escolha a estratégia de marketing certa para o seu negócio e adapte-a às necessidades, hábitos e preferências do mercado para garantir sua eficácia.

Encontrando um cliente de longa data

Manter relacionamentos com clientes

Os clientes são o que alimenta o seu negócio. No topo de sua lista de metas deve estar mantendo seus clientes e ganhando novos para apoiar o seu negócio. Dito isto, você deve sempre tratar seus clientes corretamente. Mais do que bons produtos, o excelente serviço ganha a fidelidade do cliente e os faz voltar apesar de toda a concorrência.

Certifique-se de que você está lá para ajudá-los do início ao fim e mantenha contato, pedindo feedback, envolvendo seus clientes em redes sociais e organizando concursos nos quais eles possam participar. Acima de tudo, sempre mostre sua gratidão por sua lealdade. e suporte. Dê brindes, descontos e recompensas para agradecer-lhes.

Trabalhe duro todos os dias

O crescimento não acontece em um dia. É preciso muito de tudo – tempo, energia, dinheiro e paciência – para chegar onde você quer estar. Mesmo depois de ter estabelecido o seu negócio, você deve continuar trabalhando duro para ficar no topo do seu jogo.

O mercado é um local volátil e, se você se tornar complacente, poderá desfazer facilmente todo o trabalho que realizou. Seja adaptável para mudar e continue melhorando tudo sobre o seu negócio.

Empacotando

O sucesso nos negócios exige mais do que trabalho duro. Você deve aprender a seguir algumas regras, fazer riscos calculados e trabalhar de forma inteligente para ver o crescimento.

Empreendedores bem-sucedidos estiveram em seu lugar antes, e eles alcançaram seus objetivos com uma pequena ajuda de outras pessoas que fizeram isso. Se eles podem fazer isso, então você também pode.

Decidir sobre um espaço de trabalho para o seu negócio é uma tarefa que exige uma abordagem cuidadosa. Afinal, empresas diferentes podem ter requisitos muito diferentes para um espaço de trabalho. Por exemplo, um negócio de fotografia freelance precisará de uma câmara escura, enquanto uma oficina de pintura automotiva poderia confiar em uma garagem.

Proprietário da empresa trabalhando em casa

É tentador pensar que trabalhar em casa deve ser a opção mais simplificada financeiramente, mas mesmo isso pode ser repleto de armadilhas. Ao criar um novo espaço de trabalho, você deve ficar atento a custos ocultos de…

Tecnologia

As economias óbvias a serem feitas por manter suas operações comerciais em casa incluem as despesas com transporte, refeições e vestuário de trabalho. No entanto, para trabalhar de forma eficiente, você pode depender de uma vasta gama de produtos tecnológicos que devem ser rotineiramente atualizados e mantidos.

Esses produtos podem incluir não apenas hardware e software, mas também periféricos como impressoras, monitores, modems e roteadores. Você também pode descobrir que a velocidade da sua Internet não é suficiente para facilitar o download de arquivos e a videoconferência e, portanto, precisa ser aprimorada a uma grande despesa.

Mobília

Mesmo se você se deparar com o que parece ser um espaço teoricamente utilizável, seria realmente propício ao uso corporativo? Pode ainda não ter móveis de escritório relevantes, como armários de arquivo, bem como mesas e cadeiras que seriam confortáveis ​​de usar por períodos prolongados.

Você não deve subestimar a importância do conforto no local de trabalho. Como Empreendedor adverte, uma série de doenças físicas, incluindo a síndrome do túnel do carpo, têm sido atribuídas a longas horas de tarefas repetitivas como a digitação do teclado, então você deve prestar atenção às qualidades ergonômicas do seu mobiliário.

Material de escritório

Você não pode esperar que um escritório esteja sempre alinhado com os suprimentos certos, especialmente se você não fizer movimentos proativos para mantê-los no máximo. Embora as necessidades precisas possam variar entre os negócios, os suprimentos geralmente aplicáveis ​​aos escritórios podem incluir envelopes, papel para impressora, clipes de papel e fita.

Seus funcionários precisarão recorrer ao sustento regular para sua produtividade também, por isso é reconfortante que os escritórios atendidos possam vir com cozinhas onde o café e chás de alta qualidade são estocados.

Office Essentials

Seguro

Você pode já ter seguro de casa, mas cobriria você ao colocar sua residência para uso comercial? Notícias dos EUA e relatório mundial adverte: “As políticas de proprietário padrão podem excluir ou ter lacunas para a propriedade de negócios e cobertura de responsabilidade.”

Embora seja possível simplesmente ajustar sua política de proprietário existente, seria sensato considerar uma política específica de negócios, caso você tenha equipamentos nos quais seu trabalho se baseia. Perder até equipamentos básicos para incêndios ou inundações pode prejudicar a produtividade da sua empresa.

Telecomunicações

O site No Jitter chamou os gastos com telecomunicações de “uma das maiores despesas para empresas e corporações”. No entanto, ao olhar para diferentes escritórios a partir dos quais você pode escolher, você poderá detectar oportunidades inestimáveis ​​de fazer economias.

O provedor de espaço de trabalho do Reino Unido, o BE Offices, por exemplo, permite que os usuários de seus escritórios atendidos aproveitem as chamadas telefônicas locais e nacionais sem custo adicional. Você pode facilmente apreciar esse bônus ao fazer várias ligações com as quais espera expandir seus negócios.

Nos últimos 50 anos, a tecnologia avançou a uma taxa de nós. Para colocar as coisas em perspectiva, um dos primeiros computadores já feitos, o Sinclair ZX80 foi lançado em 1980. Ele foi equipado com precisamente 1KB de RAM estática e 4 KB de memória somente leitura.

Compare isso com o smartphone padrão de hoje, que tem cerca de 2.000.000 vezes mais de RAM e cerca de 16.000.000 vezes mais de memória, e é fácil ver até onde chegamos. O desenvolvimento do Sinclair ZX80 foi um passo bastante ousado em direção ao que hoje chamamos orgulhosamente de era digital.

Dispositivo de rastreamento de frotas em um carro da empresa

Os primeiros dias

Assim como nossos computadores avançaram, também o mundo dos carros conectados e da telemática da frota. A telemática da frota, como todos sabemos, usa uma coisa chamada tecnologia do Sistema de Posicionamento Global, também conhecida como GPS. O GPS triangula a posição do veículo que ele está rastreando, bem como as redes celulares digitais, a fim de transmitir uma variedade de dados do referido veículo para outros sistemas de hardware e software.

Sistema de gerenciamento de frota da Enigma Telematics, Skyline, os dados recebidos podem abranger tudo, desde a localização até o diagnóstico do veículo. Nem sempre foi tão sofisticado no entanto. Quando o primeiro GPS foi lançado em 1978, a informação que recebia era básica. Desde galinha, outros avanços significaram que 88% dos carros de notícias terão telemática integrada até 2025.

Quando se trata de GPS, no entanto, o maior avanço realmente veio em 1996, quando o presidente da época, Bill Clinton, assinou uma directiva que tornava o GPS uma utilidade internacional. Isso significa que ficou disponível, gratuitamente, para todos os cidadãos. Não foi até o final dos anos 90 que os sistemas de rastreamento foram realmente introduzidos no veículo usando hardware conectado a servidores locais.

Foi então acessado por clientes com software instalado localmente. Enquanto o software inicial veio com o carro ou através da compra de um sistema de GPS portátil, as atualizações estavam disponíveis apenas por uma taxa. Avanço rápido para hoje e sistemas de gerenciamento de frota são quase irreconhecíveis para aqueles que foram introduzidos pela primeira vez.

Telemática da frota: onde estamos agora

Telemática em uma van comercial

Avanço rápido para hoje e os motoristas individuais estão desfrutando de uma série de novas vantagens da telemática de veículos. Enquanto os clientes domésticos estão aproveitando a nova tecnologia, na verdade são empresas com frotas de veículos que estão vendo mais benefícios. Do faturamento ao agendamento de fluxo de trabalho, a telemática da frota está provando ser mais do que apenas uma necessidade.

A telemática da frota está sendo usada para ajudar a desenvolver dados de tráfego atualizados, criar viagens eficientes e até mesmo ajudar a tornar o funcionamento da frota muito mais econômico. Adicione a isso, o monitoramento de veículos e comportamento do motorista, uso não autorizado e muito mais.

O gerenciamento de frotas percorreu um longo caminho nos últimos 50 anos e, graças ao Skyline, nosso sistema de telemática para frota on-line, vemos que ele está melhorando continuamente.

Parabéns, você começou um negócio! Você convenceu os investidores a apoiar sua causa e recrutou talentos de alto nível para dar vida à sua visão e, em última análise, gerar lucro. Você também tem muito a fazer: fazer a folha de pagamento, manter os clientes satisfeitos e, é claro, aumentar a empresa. Você está animado quando os clientes compram sua oferta e ficam satisfeitos com o valor. E mesmo que algo aconteça no mercado que exija uma mudança de estratégia, você se sente preparado para lidar com isso e abraçar a oportunidade de melhorar.

Mas a sua equipe se sente da mesma maneira?

Reunião de companhia animada

Para muitos novos empreendedores, a gestão de pessoas não é a principal prioridade. Você provavelmente começou um negócio para entregar um produto ou serviço que muda o jogo, e não para gerenciar funcionários. Além disso, colocar todos os membros da equipe na mesma página e se empolgar com a estratégia pode não ser natural, especialmente quando essa estratégia muda. Mas manter seus funcionários engajados e focados na missão da empresa é vital.

Considere este exemplo: Eu tinha um cliente na indústria de serviços médicos que fornecia transporte aéreo para os clientes viajarem com segurança de um local para outro para tratamento. O CEO queria médicos e enfermeiros para se associarem mais estreitamente com EMTs no local e trabalharem de forma integrada para melhorar a qualidade do atendimento e garantir que eles fossem o provedor escolhido. No entanto, os enfermeiros e médicos (que eram incríveis em seus empregos) acreditavam que suas habilidades médicas excepcionais, por si só, eram suficientes para conquistar o negócio. Por que consertar o que parecia ininterrupto?

O CEO definiu em números de crescimento – demonstrando por que isso era importante para os negócios -, mas não os convenceu. Somente quando entrevistei seus clientes e descobri que o trabalho em equipe e a comunicação eficazes eram o motivo pelo qual eles ficavam presos à empresa, os funcionários começaram a mudar a maneira como trabalhavam juntos. Receber feedback diretamente do cliente destruiu seus equívocos e ajudou-os a trabalhar de forma mais coesa.

Você não pode perder um remador

Você tem muito que fazer malabarismo, mas a empolgação e o envolvimento de sua equipe na execução da estratégia não podem ser uma reflexão tardia. Um relatório da Gallup afirma que apenas 34% dos funcionários americanos estão envolvidos. Os demais são desativados, o que significa que eles não se preocupam com custos, novas soluções, resultados e com a empresa como um todo, ou estão ativamente desativados e sabotam seu progresso. Tenha em atenção: se mesmo uma pessoa não remar consigo, essa pessoa está a abrandar o seu barco.

Quando eles se encontram aqui, os empreendedores são encarregados de explorar seus pontos fortes de Influencer. Os CliftonStrengths da Gallup formam o “DNA do talento” de uma pessoa – em que pontos fortes individuais você confia para executar ideias e se relacionar com outras pessoas. As habilidades do influenciador ajudam a vender idéias e alinham pessoas com objetivos comuns. Eles são exatamente o que você vai apoiar em reunir sua equipe em torno de uma nova estratégia.

Reunião de administração de empregado

Ganhando o buy-in da empresa

A mudança pode parecer intimidante e confusa, mas para alcançar o pleno potencial da sua empresa, você precisa de colegas de equipe que reúnam em sincronia. Aqui estão cinco maneiras de encorajar novos líderes a exercitar sua força influenciadora e fazer com que todos tenham uma mudança na empresa:

1. Separe os números por um tempo; gritar sobre a visão em vez

Os números são motivadores poderosos para executivos e investidores, mas os números por si só não são suficientes para seus funcionários. Eles provavelmente se juntaram à sua empresa porque querem fazer a diferença e fazer parte de uma jornada empolgante, então lidem com a visão de sua empresa ao se comunicar com os funcionários. Deixe-os saber para onde você está indo: como essa nova meta ou estratégia afetará os próximos anos? Amarre tudo para um propósito mais amplo, e ele terá melhor ressonância.

2. Demonstrar como todos desempenham um papel

Você fez isso significativo; Agora, torne isso pessoal. Diga aos colegas de equipe como eles contribuem especificamente para implementar a nova estratégia e realizar as metas. Engenheiros, por exemplo, podem reformar projetos para reduzir custos, enquanto representantes de atendimento ao cliente são a face da empresa e dão o tom para o relacionamento com o cliente. Todo e qualquer funcionário tem a capacidade e espera-se que agregue valor. Deixe as pessoas saberem disso.

3. Fique com o que, e deixe sua equipe se concentrar no como

Realmente reunir um time requer sutileza. Defina as vistas dos membros da equipe com o grande objetivo – o “o quê” -, mas deixe que eles determinem como elas trabalharão para esse fim de jogo. Isso promove o engajamento da equipe; os funcionários se tornarão mais ativos em sua participação.

4. Procure a entrada da sua equipe

Na minha consultoria, às vezes realizo grupos de foco com os funcionários dos clientes. Descobri que todos os membros da equipe têm um feedback incrível para a liderança, mas muitos escolhem manter isso para si mesmos. Seu papel como CEO é definir a direção, mas sua equipe ajudará você a ir de um ponto a outro. Faça uma escolha deliberada para pedir informações aos funcionários: eles podem ver obstáculos que você não identificou ou ter novas ideias para melhorar o trabalho da empresa.

Reunião de gerenciamento de pessoal

5. Reconecte e conecte os pontos

Quando você usa as ideias dos funcionários, atribua-lhes crédito. Você está impulsionando o envolvimento mostrando a relação entre a contribuição deles e o crescimento da empresa. E se você optar por não usar uma ideia, deixe o indivíduo saber por quê; é uma oportunidade para ele aprender mais sobre o negócio.

Não há melhor momento para determinar o nível de alinhamento da sua equipe com sua estratégia. Tire uma parte do dia para fazer um teste rápido. Pergunte a 10 funcionários aleatórios as seguintes perguntas:

  • Com quem estamos competindo?
  • O que nos diferencia da concorrência?
  • Por que os clientes nos escolhem sobre nossos concorrentes?
  • Como você, pessoalmente, afeta essa diferença para que tenhamos sucesso?

Veja como as respostas são diferentes (ou semelhantes) – ou veja se você recebe olhares em branco. Então, aja de acordo. Seu barco não alcançará a velocidade máxima até que todos estejam alinhados.

Cada empresário precisa ver seu trabalho dar certo. Um negócio florescente e em desenvolvimento é o seu objetivo maior. Como você vai se desenvolver é geralmente a questão mais pertinente que você se pergunta. É essencial definir objetivos para os nossos grupos, uma vez que nos proporciona algum sentimento de orientação. Não apenas isso, ter um objetivo final em vista pode inspirar você e seus funcionários.

Definição de metas SMART

Os objetivos são extraordinários. No entanto, em qualquer caso, surpreendentemente, muitos novos donos de empresas não conseguem ver seu trabalho compensar – metade da bomba dos empreendimentos independentes nos primeiros cinco anos.

Então, qual é o problema?

Aceitar que você tem informações práticas sobre os intrincados detalhes da manutenção de um negócio, e não seguir um procedimento para atingir seus objetivos, pode ser a parte culpada. Atingir esses objetivos é a maneira como decidimos nossa conquista geral e permitimos que nossos negócios se desenvolvam.

Então, como poderíamos abordar a definição de metas que levam ao progresso? A resposta apropriada é determinar objetivos SMART. Pense na visão abrangente e depois separe-a em tarefas menores e progressivamente viáveis. Você vai dissecar o objetivo de maior escala em projetos menores e mais gerenciáveis, e isso pode ser auxiliado seguindo o processo de definição de objetivos SMART.

Existem cinco partes de objetivos SMART: Específicos, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e Vinculados ao Tempo. Devemos separar cada componente e aplicá-los às necessidades do empreendimento independente.

Definindo Objetivos Específicos

Ajudaria se você tivesse um significado razoável para o seu objetivo. Na chance de que você precise começar a desenvolver negócios este ano, compreenda o que deve ser feito, por que é fundamental e quando você precisa começar. Ao investigar a maioria dos elementos que se espera desenvolver, você pode abordar o significado de qual é esse objetivo.

Seria melhor se você também identificasse o desenvolvimento e a realização para o seu negócio. São mais clientes que você deseja ou precisa de mais tráfego em seu site? Ser claro e breve sobre o que você precisa realizar é essencial para a realização geral do seu objetivo.

Suponha que você precise de mais clientes – eles são o caminho para desenvolver seu negócio. Desta forma, seu objetivo específico é ter novos clientes. Atualmente, você pode prosseguir para o estágio subsequente que está vendo como você se aproximará de novos clientes.

Definindo metas mensuráveis

Efetivamente estimar o seu avanço incentiva você a olhar para os meios que são, adicionalmente, esperados para atingir seu objetivo. Você pode fazer isso distribuindo e terminando todos os dias ou semanas por tarefas estendidas que derivam do propósito essencial.

Para começar a separar seu objetivo em empreendimentos menores, progressivamente razoáveis. Quando você os avaliou, agora você tem uma abordagem para seguir suas conquistas. Estimar precisamente seu progresso provavelmente fará com que você e seu grupo impulsionem com mais entusiasmo e continuem se movendo na direção desse objetivo.

Então, como você pode abordar a aquisição de novos clientes? Ao fazer essa consulta, você pode conceituar as técnicas fundamentais necessárias para atingir o objetivo. Quando você tem sua estratégia organizada, você pode começar a estimar o seu progresso, seguindo os compromissos e aquisição de clientes.

Equipe de negócios atingir metas

Definindo Objetivos Alcançáveis

Ser um pensador empreendedor significa ser um grande sonhador. Embora ter uma grande ideia seja o que levou você a se tornar proprietário de uma empresa, seja sensato em relação à avaliação dos objetivos do seu negócio, elaborando a probabilidade de alcançar esses resultados.

Na chance de que o objetivo que você estabeleceu para si mesmo requeira outras aptidões ou ativos, imagine como você os distribuirá. Você também pode pensar sobre quais recursos você tem atualmente e influenciar se eles ajudarão no cumprimento da meta, principalmente se eles reduzirem as despesas suplementares.

Se o objetivo é conseguir mais clientes, quantos seriam capazes de se encaixar no seu calendário atual? Considere cuidadosamente seus ativos ao avaliar isso. Caso você não tenha uma base significativa suficiente, poderá colocar você e sua equipe em uma situação difícil.

Certifique-se de compreender o que funciona para o seu calendário e capacidade. Se você procurar um número tão grande de clientes, poderá ser excessivo. Nesse ponto, você precisará empregar especialistas ou consultores adicionais; no entanto, isso provavelmente não caberá nos seus gastos imediatamente.

Definindo Objetivos Relevantes

Aparentemente, alguns componentes afetam o resultado das conquistas de seus negócios, e você certamente não pode ignorá-los. Em qualquer caso, defina metas que se apliquem ao seu plano de ação atual. Informe-se se este objetivo é diretamente para você, seus colegas e, em particular, seu negócio. Ninguém vai investir tanto esforço quanto puderem se não entenderem que seu trabalho afetará a empresa. Da mesma forma, avalie a vantagem de realizar o objetivo.

O aumento de novos clientes é totalmente pertinente ao desenvolvimento do seu negócio, uma vez que expande seu salário, o que, consequentemente, permitirá que você utilize mais indivíduos e coloque recursos em novos ativos. Isso pode parecer óbvio, mas avaliar honestamente a importância do seu objetivo pode poupá-lo da busca de um alvo imaterial.

Prazo de reunião toda vez

Definição de metas com limite de tempo

Ter tempo alocado é necessário para obter resultados. O crescimento dos negócios é um objetivo progressivo de longo prazo. No entanto, como é imperativo dividir o objetivo considerável em tarefas menores, é vital para a realização definir as datas de vencimento para cada um dos projetos e definir um prazo para o cumprimento de seu objetivo geral.

Suponha que você queira ganhar cinco clientes dentro de três meses. Defina uma data específica para avançar na direção e descubra um arranjo de acompanhamento que funcione melhor para você e sua empresa. Você pode até definir metas e acompanhar o desenvolvimento delas com um aplicativo de definição de metas SMART como o do Goals.com. O aplicativo oferece uma variedade de mapas de metas e quadros de visão que podem ajudar seu grupo a iniciar ou prosseguir com uma tarefa atual. Eles até oferecem um pacote de grupo de negócios para ajudá-lo de forma eficaz e simplificar com sucesso o processo de definição de objetivos para você e sua equipe.

Agora para você

Você configurou as SMART Goals? Se assim for, alguma dica sobre como garantir que toda a organização abraçar a definição de metas como parte integrante das operações de negócios – talvez por meio do uso de aplicativos ou da transformação da cultura de negócios? Por favor, compartilhe suas dicas conosco.

Muitos artigos e relatórios sugerem que o estresse no local de trabalho está fortemente correlacionado com questões de saúde. Ao tentar colocar o seu negócio de pé, você quer fazer tudo o que puder para apoiá-lo. Isso pode significar não dormir o suficiente e comer alimentos não saudáveis. Simplificando, a saúde se torna a última coisa em sua mente. E você nem ousaria pensar nisso até sentir algo errado.

Mas só porque você é um empreendedor, isso não significa que sua saúde deve ir para o sul. Na verdade, é essencial para ajudá-lo a permanecer focado e determinado. É até mesmo crucial para ajudar você a tomar decisões de negócios informadas.

Casal de negócios saudável comer

Aqui estão maneiras de se manter saudável, que não necessariamente levarão muito do seu valioso tempo.

1. Absorva suas vitaminas

Claro, você pode ser fiel em tomar suas vitaminas diárias, mas é possível para você receber apenas uma fração de seus benefícios. Considerando os muitos fatores envolvidos, a taxa de absorção quando se trata de ingestões de pílula de vitamina pode variar amplamente em algum grau. E devido ao fato de que algumas pílulas só são capazes de fornecer resultados aceitáveis, na melhor das hipóteses, é certo que você encontre novas maneiras de obter os nutrientes necessários.

Em vez da cápsula ou comprimido habitual, pode optar por um sistema transdérmico. Você também deve considerar a adição de uma dieta saudável, pois esta é a melhor maneira de obter os nutrientes que você precisa diariamente.

2. Vale a pena ser preparado

Não importa o quanto você tente, ainda é impossível se envolver em um acidente ou ferimento. Mas como empreendedor, você deve se preparar para essas situações. Para começar, você pode considerar a contratação de um advogado de ferimento pessoal. Ao fazê-lo, você terá a ajuda legal necessária para obter a compensação certa sempre que alguém o ferir.

Além disso, lembre-se de visitar seu médico de vez em quando, para que possa cuidar do seu bem-estar geral. Não espere algo para não se sentir bem antes de procurar uma opinião médica.

3. Mexa-se

Às vezes, o cenário em que você está exigiria que você se sentasse em sua cadeira o dia todo e tomasse decisões comerciais. Mesmo ao tentar lidar com sua equipe, é fácil simplesmente pegar o telefone e falar com ele em seu escritório. Em vez de fazer isso, você deve tentar se movimentar e ir de um lugar para outro.

Uma simples caminhada do seu escritório para um escritório de departamento é suficiente para lhe dar um impulso de cardio. Não fique sentado o dia todo – saia da bunda, fique em pé e ande pelo escritório. Faça isso e você deve ser capaz de queimar mais calorias do que você jamais poderia imaginar.

Fazendo exercício aeróbico

4. Treino

Muitas vezes você pode se encontrar indo para casa tarde da noite, ficando apenas algumas horas para dormir. E, como resultado, você tende a se apressar pela manhã. Você pode até não pensar em comer o café da manhã e apenas ir direto para o chuveiro. Você não deveria fazer isso

É imperativo que você ainda considere trabalhar fora, não importa o quão difícil possa ser sua agenda. Sim, pode ser difícil no começo, mas se você está determinado, você encontrará uma maneira de fazê-lo funcionar. Seu treino não tem que estar em uma academia, no entanto. Você sempre pode fazer alguns exercícios rápidos em casa ou até no escritório.

5. Coma uma refeição caseira

Psicólogos de todo o mundo sugerem que cozinhar em casa pode aumentar a felicidade de uma pessoa. Ao mesmo tempo, alivia a possibilidade de estresse. Não desanime facilmente com a ideia de cozinhar em casa, especialmente se o seu tempo não permitir.

Como trabalhar fora, comer uma refeição caseira é tudo sobre determinação e foco. Em vez de ir ao seu stand de cachorro-quente favorito, vá para casa imediatamente e cozinhe um bom jantar.

Colocar um negócio de startups de moda exige muito trabalho não apenas no planejamento e na execução, mas também nos mínimos detalhes. Isso inclui obter as peças de moda certas como sua primeira linha de produtos, além de encontrar um ângulo único na forma como você comercializa seus negócios.

Muito parecido com qualquer tipo de empreendimento, iniciar uma empresa baseada na moda exige um alto nível de profissionalismo e qualidade. Se você estiver executando uma startup de moda, você definitivamente precisará das ferramentas certas para levar sua empresa ao próximo nível.

Escritório de inicialização de moda

Aqui estão cinco das coisas mais importantes que você precisa em seu escritório para impulsionar sua startup de moda:

1. lembretes inspirados

Não é fácil criar a próxima tendência de roupas. Na verdade, você precisa formular várias ideias antes de decidir uma. Por que não se inspirar em coisas que já existem no mercado?

Algumas grandes ideias incluem peças de mobiliário rústico da Europa, acessórios de moda exclusivos da Ásia e artigos de couro feitos à mão nos EUA. Seja o que for, certifique-se de que os itens inspiradores escolhidos estejam alinhados com o nicho de moda.

2. áreas de armazenamento

Administrar uma loja de roupas ou uma empresa de design de moda exige que você tenha uma grande variedade de panos, ferramentas e acessórios em seu arsenal. É por isso que você precisa planejar seu armazenamento, especialmente se tiver um alto nível de inventário.

Procure formas engenhosas de armazenar seus materiais, especialmente se você tiver espaço limitado em seu escritório de moda. Uma dica eficaz é usar espaço aéreo, instalando armários pendurados no teto.

3. Espaço para reuniões funcionais

É provável que você passe muito tempo conduzindo reuniões com seus funcionários, especialmente porque ainda está aumentando sua startup. Se for esse o caso, é uma boa dica investir em uma boa mesa de reunião e em um conjunto de cadeiras confortáveis.

Como alternativa, você pode comprar espreguiçadeiras peculiares, sacos de feijão e mesas de pé para tornar a atmosfera menos rigorosa e mais divertida.

Você também precisará instalar superfícies de escrita onde você ou sua equipe possam anotar imediatamente quaisquer ideias. Isso pode vir na forma de quadros brancos, superfícies de painéis de vidro ou mesas de vidro lisas. Não se esqueça de comprar caixas de marcadores!

Designer de moda autônomo

4. Acesso estável à Internet

Uma das tarefas frequentemente perdidas quando se inicia um negócio de vestuário é o envolvimento do cliente. Com o ritmo acelerado de lidar com toneladas de papelada e reuniões, é fácil desconsiderar as pessoas que comprarão seus produtos.

Ao configurar um serviço de Internet consistente e confiável, você pode garantir a seus clientes em potencial que você está on-line 24 horas por dia, sete dias por semana. Estando disponível on-line, esperamos estabelecer relações autênticas entre sua empresa e seus clientes.

Além disso, ter uma conexão on-line estável permite que todos no escritório compartilhem documentos digitais sem fio ou na nuvem. Essa técnica aumenta a produtividade e torna o processo de negócios muito mais rápido.

5. coisas de despensa

Horas de trabalho podem manter suas mentes embotadas em algum momento, e assim uma breve pausa definitivamente irá percorrer um longo caminho. Sob esta luz, nunca subestime o poder da despensa para trazer sua energia coletiva de volta à vida. Ao montar um pequeno recanto para uma refeição rápida e uma xícara de café, você já pode rejuvenescer qualquer funcionário que esteja em uma barreira de ideias.

Pode ser uma idéia incrível investir em uma cafeteira durável, forno de microondas e geladeira. Certifique-se de estocar em grãos de café moídos, saquinhos de chá, lanches pré-embalados e outros itens essenciais da despensa do escritório.

Esses cinco itens definitivamente trarão muitos benefícios para o seu escritório de startups de moda, como um aumento de produtividade, melhor planejamento e funcionários mais felizes.

Os projetos raramente, ou nunca, são executados de acordo com o planejado. As falhas do projeto são uma parte triste, mas verdadeira, da realidade, mas a boa notícia é que são lições que proporcionam experiência e conhecimento valiosos. Costuma-se dizer que cada projeto é individual, então seus riscos também são individuais. Mas observar mais de perto os motivos típicos de falhas de projeto ajuda a reconhecer as vulnerabilidades em um estágio inicial e a evitar situações semelhantes.

Aqui é onde as histórias de grandes e ambiciosas falhas de projeto são úteis. Sendo cuidadosamente estudados e pesquisados ​​em detalhes, eles se transformaram em lições valiosas para qualquer gerente de projeto. Aqui está uma lista dos mais notórios fracassos de projetos e lições que podemos aprender com eles.

1. Edsel pela Ford

Edsel Ranger da Ford
crédito da foto: Wikipedia

Começou como um projeto ambicioso: um carro novo, um enorme investimento e anúncios que prometem um produto irresistível. Instalações especiais de produção foram construídas, uma campanha promocional foi realizada um ano antes do lançamento, e o carro recebeu o nome do filho de Henry Ford. As concessionárias foram persuadidas a encomendar os carros antes que Edsel estivesse pronto. Os executivos pareciam nunca considerar uma falha como uma opção.

E eles acabaram tendo um enorme número de carros não vendidos.

A Ford começou a desenvolver o veículo com base em uma extensa pesquisa de mercado: os dados pesquisados ​​de potenciais compradores tinham a intenção de ajudar os criadores a fazer o carro perfeito. No entanto, os executivos apenas fingiram estar agindo com base no que as pesquisas disseram, na verdade desconsiderando a maior parte das informações coletadas. Além disso, no momento em que o carro foi apresentado, o mercado já mudava para comprar carros mais baratos e mais compactos – e Edsel era caro.

Henry Ford considerou os fracassos como oportunidades para aprender lições importantes, e o resultado do projeto Edsel mostrou como ele colocou esse princípio em ação: novos modelos de carros compactos foram desenvolvidos e instalações de produção construídas para a Edsel foram usadas para fabricá-las.

Lições aprendidas: Tenha sempre em mente que as falhas são possíveis e tenha um plano para esse caso. E, se você tiver dados de pesquisa em mãos, analise e use-os para evitar perder oportunidades de mercado.

2. DeLorean DMC-12

DeLorean DMC-12
crédito da foto: YouTube

Introduzido por John DeLorean, o famoso executivo da indústria automobilística que fabricava carros icônicos, esse veículo “De Volta para o Futuro” parecia estar fadado ao sucesso. Quem acreditaria que acabaria se transformando em um dos fracassos mais memoráveis ​​da indústria automotiva?

A DeLorean e seu único projeto de carro enfrentaram vários problemas já nos estágios iniciais. As chances de sucesso foram extremamente baixas: 1 em cada 10, como os consultores da empresa previram. Novas instalações de produção, mão-de-obra nova e não qualificada, baixo desempenho do motor e preço exageradamente alto devido ao mau planejamento. A prisão de John DeLorean por acusações de tráfico de drogas aumentou os problemas da empresa e, embora o júri o tenha absolvido em breve, já era tarde demais.

Cronometragem errada foi outro aspecto: o carro saiu durante uma recessão. Não é um bom momento para vender carros como este: com seus dois assentos, não foi projetado como um carro da família principal – mais um veículo de luxo. Então, sua compra poderia ser adiada – e muitos optaram por isso. Então, eventualmente, o carro não poderia viver para o hype que criou.

Lições aprendidas: Um planejamento cuidadoso de todos os aspectos técnicos, incluindo a qualificação da força de trabalho, o processo de gerenciamento de qualidade e o desempenho do produto, é crucial para o sucesso do projeto. O timing certo também é algo que pode e precisa ser planejado.

3. Microsoft Zune

Microsoft Zune
crédito da foto: YouTube

Como os players de mídia digital se tornaram populares no início dos anos 2000, a Apple assumiu esse mercado com seu iPod. A Microsoft, não sendo capaz de aceitar a derrota, lançou seu próprio player portátil chamado Zune. E embora o dispositivo em si não fosse ruim, o preço alto demais e a compatibilidade apenas com o Windows não eram exatamente o que poderia atrair potenciais compradores.

O mais importante aqui é que o Microsoft Zune era um produto feito para perseguir o concorrente e não tinha recursos competitivos fortes. Isso resultou em vendas estáveis ​​e baixa demanda. Não surpreendentemente, o produto foi descontinuado vários anos após o lançamento.

Lições aprendidas: perseguir competidores raramente é uma boa estratégia para vencer – então, na maioria dos casos, é mais sensato admitir a derrota e se concentrar em outros segmentos de mercado em que você pode ganhar terreno.

4. Arquivo de Casos Virtuais

Pilhas de arquivos de documentos

Modernizar infra-estruturas ultrapassadas é geralmente mais complexo do que criar novas do zero, por isso os projetos de modernização são um dos mais desafiadores. Por exemplo, o Virtual Case File (VCF) que pretendia atualizar a infraestrutura de TI obsoleta do FBI. Iniciado em 2000, ele consumiu US $ 170 milhões e acabou sendo abandonado em 2005. O FBI fez algum progresso na atualização de sua infraestrutura de TI, comprando máquinas mais robustas e implantando redes seguras, mas as metas iniciais não foram alcançadas.

O VCF é um exemplo clássico de uma falha do sistema em projetos de TI: ele sofria de praticamente todas as falhas possíveis no desenvolvimento de software: aumento de escopo, mudanças de especificação, inchaço de código, microgerenciamento e outros. A escala da falha resultante prova a importância do uso de metodologias de gerenciamento de projetos e um planejamento cuidadoso e monitoramento do progresso do projeto.

Lições aprendidas: O fracasso deste projeto mostra como é importante seguir estritamente a metodologia específica e planejar com antecedência todas as etapas do projeto.

5. Apple Lisa

Apple Lisa
crédito da foto: Wikimedia Commons

Um exemplo de como um produto que apresentava uma tecnologia nova e promissora falhou. A Apple Lisa foi o primeiro computador de mesa com mouse que os especialistas reconheceram como um dos mais importantes desenvolvimentos nesse segmento de mercado. Essa tecnologia acabou dominando o mercado, mas a própria Lisa falhou. Por quê?

O motivo é um desempenho muito baixo a um custo muito alto. As pessoas estavam interessadas em máquinas com preço menor do que US $ 9.995 que a Apple oferecia, preferindo o IBM PC mais acessível. A Apple investiu generosamente em anúncios, mas não conseguiu convencer potenciais compradores. Em vez disso, isso criou outro problema: os anúncios prometiam muito mais do que o produto realmente era, o que não ajudou a superar a relutância das pessoas em comprar a Apple Lisa.

Lições aprendidas: manter uma relação preço-desempenho atraente do produto é vital. O mesmo se aplica à transparência sobre os recursos e as capacidades do produto. Os anúncios nunca devem se comprometer demais ou criar expectativas exageradas.

6. Nova Coca-Cola

Nova Coca-Cola
crédito da foto: Throwbacks.com

Ao perder terreno para um concorrente, é tentador ajustar seu produto ao do concorrente. No entanto, na realidade, isso nem sempre funciona. Em 1985, a Coca-Cola vinha perdendo participação de mercado para outros refrigerantes e decidiu ajustar a fórmula para ficar mais parecida com a da rival Pepsi. A decisão foi baseada em testes de sabor cego.

Os anúncios afirmavam que “o melhor acabou de melhorar”, mas os compradores não pareciam apreciar a nova fórmula da Coca-Cola. As pessoas não compraram o novo produto como esperado. Em vez disso, as vendas da “Coca-Cola Classic”, como a antiga fórmula foi renomeada, cresceram significativamente, e a Coca-Cola voltou à fórmula tradicional.

Lições aprendidas: Ajustar um produto bem-sucedido pode causar mais danos. Por isso, não se esqueça do antigo princípio: se funcionar, não corrija.

7. Cristal Pepsi

Pepsi de cristal
crédito da foto: Wikimedia Commons

Os fabricantes de alimentos “não saudáveis” geralmente produzem tendências alimentares saudáveis. O mesmo aconteceu com a PepsiCo em 1992, quando lançaram a versão “clara” de sua famosa bebida, Crystal Pepsi. Anúncios alegaram que a nova Pepsi era mais saudável que o tradicional refrigerante marrom. Aconteceu que as pessoas não estavam interessadas na “alternativa clara” porque não gostavam do sabor.

Bottlers alertou o COO, David C. Novak, de que o novo produto não tinha gosto de Pepsi e, portanto, não seria aceito pelos compradores. Ele nunca os escutou, apenas para descobrir que os problemas que levantavam eram vitais para o produto.

Lições aprendidas: ouça as pessoas que estão trazendo problemas. David Novak admitiu em 2007 que aprendeu esta lição: por mais tentador que seja para um líder cair na armadilha de “eles não entendem”, ouvir as pessoas ao seu redor ajuda a detectar e evitar problemas importantes.

8. Transportador Pessoal Segway

Transportador pessoal segway

Uma combinação de uma ideia brilhante e uma nova tecnologia. Não é uma grande oportunidade de mercado? A resposta é não necessariamente. Por exemplo, o transportador de Segway se transformou em um fracasso: projetado como o transporte da próxima geração, ele desapareceu logo após sua introdução em 2001.

Uma peça de tecnologia inovadora protegida por patentes, um dispositivo que economiza energia e um produto de estilo de vida: os recursos do Segway atenderam às tendências e foram suficientes para o sucesso. Por que isso fracassou? Retrospectivamente, grandes falhas tornaram-se visíveis.

Primeiro e o mais importante, a distribuição. As vendas via Amazon eliminaram um ponto confiável de interação com o cliente, tão necessário para um dispositivo tecnológico complexo. Então, as expectativas. O produto era exagerado: os clientes esperavam mais recursos por esse preço. Outro problema foi a falta de feedback: o produto foi mantido em sigilo até o lançamento, portanto não houve melhorias iterativas baseadas em feedback. E, finalmente, o mercado-alvo errado: os funcionários dos correios que precisavam de ambas as mãos livres, e os funcionários de segurança que preferiam veículos sem limitações de alcance.

Lições aprendidas: Para muitos produtos, o marketing não é menos importante do que as características dos produtos. E, falando de recursos, feedback e transparência ajudam a criar expectativas corretas e tornar o produto viável.

9. Aeroporto de Berlim Brandemburgo

Projeto de construção do aeroporto de Berlin Brandenburg
crédito da foto: YouTube

O último, mas não menos importante, fracasso do projeto é o terceiro projeto aeroportuário de Berlim. Uma falha sistemática do projeto que envolva a falta de gerenciamento de mudanças qualificado, colidindo os interesses dos stakeholders, de pobres a nenhuma comunicação, transformou o ambicioso projeto em um exemplo clássico de falha. E, surpreendente para todos, isso aconteceu na Alemanha, conhecida por seu planejamento eficiente.

No entanto, os problemas do Aeroporto de Berlim Brandenburg não se limitaram apenas ao planejamento e gerenciamento deficientes. Obstáculos políticos e burocracia, alegações de corrupção e várias questões legais foram adicionadas à confusão resultante. Hoje, depois de ter consumido supostamente mais de US $ 7 bilhões, o aeroporto ainda não está aberto – oito anos após a data inicialmente planejada.

Lições aprendidas: Ao administrar projetos grandes e ambiciosos, é fundamental prestar muita atenção a todos os aspectos. Gerenciar os interesses das partes interessadas, evitando o aumento do escopo e garantindo uma comunicação clara e ativa são da maior importância aqui.

Resumo

“Se um projeto funciona pela primeira vez, foi em seus sonhos noturnos”, – Cornelius Fitchner disse. Executar um projeto sem nenhum desafio é quase impossível, portanto, estar ciente dos possíveis gargalos, riscos e vulnerabilidades é vital para qualquer gerente. Isso ajuda a identificar e evitar possíveis problemas nas etapas iniciais.

Ter a imagem completa em mãos também é essencial. As lições das falhas de projeto mais memoráveis ​​nos ensinam a receber feedback, manter uma comunicação ativa com funcionários e parceiros de negócios e coletar dados importantes sobre os processos de negócios.

Hoje, ferramentas especiais são usadas para obter a imagem completa e atualizada do progresso do projeto. A experiência de muitas empresas mostra que é melhor começar a usá-las a partir dos primeiros passos. Eles não precisam necessariamente ser caros: muitas pequenas empresas e startups se beneficiam de um software de gerenciamento de projetos gratuito que ajuda a gerenciar projetos com riscos e desafios.

Empregado feliz e engajado

Há um equívoco comum de que dar dinheiro extra aos funcionários garante a eles um bom motivo para trabalhar duro, mas esse não é o caso. Embora um aumento salarial seja importante, especialmente quando se trata de recompensar a lealdade e a longevidade, o dinheiro não é tudo.

Os funcionários, em especial os millennials, estão procurando mais do que dinheiro. Eles valorizam muitos outros fatores, alguns dos quais abordaremos neste artigo. Melhore o desempenho de seus funcionários e você automaticamente dará aos seus funcionários uma orientação saudável na direção certa.

Algumas pesquisas mencionadas em um artigo do Irish Times descobriram que um melhor engajamento dos funcionários impulsionou os lucros de uma empresa por uma margem considerável. Isso oferece um retorno significativo para empresas dispostas a ir além e se concentrar na criação de uma experiência positiva para os funcionários.

Se você deseja aumentar o desempenho dos funcionários no local de trabalho, continue lendo.

Diga “obrigado”

Não custa nada dizer “obrigado” quando um funcionário vai além do chamado do dever. Infelizmente, muitos chefes e gerentes aceitam empregados diligentes e trabalhadores.

Quando um funcionário trabalha duro e você está feliz com o desempenho, um simples “muito obrigado pelo seu trabalho duro” é muito útil. Isso mostra a pessoa que você reconhece seus esforços e aprecia seu trabalho duro.

Tente e lembre-se de dizer “obrigado” a cada vez que um de sua equipe for além, ficar atrasado ou ajudá-lo em uma emergência. É um pequeno gesto, mas é mais provável que continuem a trabalhar duro se você agradecer.

Crie um ambiente de suporte

Os funcionários precisam de um ambiente de apoio para melhorar. As pessoas não conseguem aprender novas habilidades, a menos que sejam nutridas pela gerência. Se você quiser melhorar o desempenho de seus funcionários, dê a eles a oportunidade de aprender novas habilidades.

Dê aos funcionários a oportunidade de fazer um treinamento extra, seja relacionado ao seu trabalho ou como parte de seu desenvolvimento pessoal. Você não precisa necessariamente financiar seu diploma universitário, mas é uma boa ideia dar a eles a oportunidade de estudar para novas qualificações que os ajudem a fazer melhor o seu trabalho.

Isso beneficia tanto você.

Além disso, permita que os funcionários saibam que podem vir até você se precisarem de ajuda e suporte.

Cafeteria de negócios saudável

Incentive a saúde e a felicidade

Funcionários felizes e saudáveis ​​têm um desempenho melhor no local de trabalho. É do seu interesse tornar mais fácil para os funcionários terem um estilo de vida saudável.

Incentive ativamente os funcionários a irem de bicicleta para o trabalho se morarem a uma distância razoável de deslocamento. Negocie participações em academias corporativas com uma academia local. Ofereça verificações de saúde saudáveis ​​para manter os funcionários no caminho certo e estreito.

É uma boa ideia fornecer lanches de escritório saudáveis ​​no local de trabalho. Oferecer um serviço saudável de lanches para o escritório diz aos seus funcionários que você os aprecia. Eles podem pegar algumas barras energéticas ou pastar em frutas frescas e nozes quando precisam de um aumento de energia.

Se você não tiver certeza dos méritos dos serviços de lanche para escritório, leia este blog escrito por Bevi.co, que explica mais sobre os prós e contras de lanches de escritório. A Bevi é uma das principais fornecedoras de bebidas no local de trabalho, para que elas conheçam suas coisas!

Recompense o bom desempenho

É uma boa ideia recompensar os funcionários quando o desempenho deles merece reconhecimento. Você não precisa dar a eles um aumento para que eles saibam que você está satisfeito com eles. Um pequeno sinal de apreço, como um cabaz ou vale-presente, é muitas vezes suficiente para fazer uma diferença real e encorajar a pessoa a trabalhar ainda mais.

Configure um esquema de bônus relacionado ao desempenho. Quando funcionários ou equipes atingirem metas definidas, recompense-os com uma noite de pizza ou um dia extra de férias. Esse tipo de recompensa geralmente é muito bem-sucedido, além de não custar muito a longo prazo.

Liderança Abundante

Demonstrar boa liderança

É mais provável que os funcionários trabalhem com mais afinco quando têm um líder justo e sábio, mostrando-lhes o caminho a seguir.

Você não pode esperar que as pessoas trabalhem duro se você não demonstrar uma boa liderança. Lidere a frente e, se você pedir aos funcionários que façam algumas horas extras, junte-se a eles. Mostre-lhes que você está disposto a se juntar a eles nas trincheiras. Isso promove o respeito e um senso de espírito de equipe.

Construa o espírito de equipe

O trabalho em equipe é vital em um ambiente de trabalho produtivo. Se seus funcionários não trabalham juntos como uma equipe, isso afeta a produtividade em geral.

Programe em alguns exercícios de teambuilding para ajudar o vínculo da equipe. Estes podem variar de uma noite divertida para baixo no boliche local para uma aventura de sobrevivência corporativa em um parque nacional. A direção que você toma depende de você e dos tipos de pessoas com quem você trabalha.

Se você está tendo problemas de produtividade, tente identificar a causa raiz. Lembre-se, pode levar tempo para melhorar os níveis de desempenho, portanto considere este um projeto de longo prazo.