5 modos de persuasão para tornar seus produtos mais atraentes

Como profissional de marketing, seu trabalho é tornar uma marca ou produto mais atraente e / ou mais reconhecível. É um trabalho simples, em teoria, que se manifesta de maneiras complexas. Existem centenas de canais em potencial que você pode usar para alcançar seus clientes e técnicas criativas ilimitadas que você pode usar para desenvolver uma imagem.

Nas complexidades dessas opções ilimitadas, muitas vezes é benéfico dar um passo atrás e revisitar os fundamentos. O marketing tem tudo a ver com persuasão, e sua estratégia deve ter como alvo e se apoiar em um ou mais modos principais de persuasão.

Existem vários apelos persuasivos para escolher, e cada um tem pontos fortes e fracos.

Marca de sapatos Nike

Recursos Persuasivos

Você pode tornar um produto mais atraente usando um ou todos os seguintes recursos:

1. Apelo à autoridade

Com base no apelo retórico de “ethos”, um apelo à autoridade visa basicamente convencer sua audiência de que você é um especialista, que é uma autoridade nesse campo ou que vale a pena confiar. É o tipo de coisa que você vê nas campanhas de marketing baseadas em uma marca.

Você pode ver uma ênfase em um slogan como “o melhor do setor, 10 anos consecutivos” ou um anúncio de uma pizzaria com uma explicação de como eles encontram e usam os melhores ingredientes possíveis. Este é, de certa forma, o apelo mais poderoso, desde que você possa fazer o backup, pois ele cobre toda a sua marca. No entanto, isso pode ser facilmente prejudicado por um concorrente que oferece declarações semelhantes – e nem sempre leva as pessoas a agir. É por isso que muitas vezes é melhor associado a outros apelos persuasivos.

2. Um apelo à emoção

Com base no apelo retórico de “pathos”, você também pode apelar para as emoções de um consumidor. Como existe um espectro completo de emoções que você pode aproveitar, há muitas opções diversas para utilizar aqui.

Você pode motivar um consumidor a comprar um produto para aproveitar alguma emoção feliz – por exemplo, você pode anunciar um produto que agrada ao sentimento de nostalgia infantil de um adulto. Você também pode motivar uma audiência a comprar um produto para evitar sentimentos negativos – por exemplo, você pode explicar como o colchão antigo está resultando em sono de baixa qualidade, incentivando-o a comprar um novo.

Os apelos emocionais são úteis porque tendem a ser melhores em motivar ações. No entanto, eles também podem ser arriscados; se você é considerado emocionalmente manipulador, os consumidores podem começar a desconfiar de você.

3. Um apelo à lógica

Baseado no apelo retórico dos “logotipos”, um apelo à lógica funciona da maneira que soa. Essencialmente, você convencerá seu público-alvo de que seu produto é a escolha certa com base puramente na lógica. Em muitos casos, isso significa comparar seu produto com os de seus concorrentes; você pode explicar que sua escolha é de qualidade semelhante, mas com um preço mais baixo ou que possui mais recursos que o consumidor precisa do que um produto concorrente. Você também pode usar fatos e estatísticas para aprimorar esse apelo, como apontar estatísticas de acidentes de carro no inverno para vender dispositivos de segurança para veículos.

4. Apelo à urgência

Em muitos casos, você também precisa pensar no momento do seu anúncio e em como o consumidor pensa no momento. Muitas vezes, os consumidores modernos se interessam por um produto, mas passam a comprá-lo, pensando que podem simplesmente comprá-lo posteriormente.

É aqui que entra seu apelo persuasivo à urgência; aqui, você não está convencendo o consumidor a comprar seu produto, necessariamente. Em vez disso, você os convence a comprá-lo agora, ou mais tarde. Você pode fazer isso oferecendo preços especiais por tempo limitado, com gráficos como um relógio que transmite uma sensação de urgência.

5. Um apelo social

Se você já se sentiu pressionado por colegas, sabe o quão poderoso pode ser um apelo social persuasivo. Os consumidores de hoje são compreensivelmente céticos ao visualizar a publicidade de uma marca corporativa – mas confiam muito mais quando ouvem seus colegas. A utilização de “prova social” e outras manifestações de recursos sociais podem complementar e aprimorar seus outros modos de recurso. Por exemplo, você pode incluir depoimentos de clientes reais que tentaram se apaixonar por seus produtos ou pode usar dados de pesquisas para fazer backup de suas reivindicações.

Aprimorando os pilares da sua campanha

Obviamente, você pode combinar esses apelos persuasivos de maneiras inventivas e, mesmo se confiar apenas em um deles, poderá interpretá-lo e apresentá-lo de várias maneiras. Ainda assim, vale a pena entender as raízes de sua campanha e o que você realmente está tentando realizar ao falar com seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *