5 dicas de marketing para pequenas empresas

Café ocupado

Ter um produto incrível geralmente é inútil sem reconhecimento e reconhecimento da marca. Em outras palavras, se as pessoas não sabem que algo existe, não importa quão notável e revolucionário seja. Esta é também a razão pela qual a maioria das empresas gasta uma quantidade incrivelmente alta de dinheiro em promoções e campanhas de marketing. No final, fazer uma venda significa colocar o produto certo na frente das pessoas certas.

Aqueles que possuem uma pequena empresa, no entanto, muitas vezes acham muito difícil dominar a arte de marketing. Afinal, há uma razão pela qual as universidades oferecem programas de graduação nesse campo. Felizmente, não é impossível aprender os meandros do marketing por meio de tentativa e erro. A única desvantagem seria algumas despesas que serão incorridas ao longo do caminho.

Então, quais são algumas das dicas mais importantes que as pessoas que possuem pequenas empresas devem saber para tornar seu marketing mais frutífero mais cedo?

1. Comece Pequeno

Ao iniciar uma campanha de marketing, os primeiros dias ou semanas serão apenas etapas de teste. De acordo com um empresário de sucesso que é dono do Supermercado Carnival, Naseem Salem, este é o momento em que a campanha coleta dados que serão capitalizados mais tarde. Na verdade, esses dados são o alicerce de futuras otimizações que podem tornar o anúncio de alguém extremamente lucrativo.

Assim, as pequenas empresas não devem fazer tentativas agressivas de assumir todo o setor industrial. Em vez disso, começar com algo tão simples como um conjunto de cartões de visita bem projetados é mais do que suficiente. Com o passar do tempo, as campanhas ficarão mais complexas e mais caras.

Recordista e clientes da loja

A chave é fazer uma maratona, não uma corrida. Ao alavancar os lucros do passado para campanhas futuras, os esforços serão redimensionados.

2. Entenda SEO

Search Engine Optimization é o processo de melhorar a presença on-line de alguém. Dada a forma como mais e mais compras são feitas diariamente na internet, ter uma boa reputação é importante. O único problema, no entanto, é o fato de que existem bilhões de páginas da web na existência. Significando que o conteúdo de alguém se destaca será o mais competitivo possível.

Felizmente, existem inúmeras empresas especializadas em SEO. Proprietários de pequenas empresas que podem achar essa área esmagadora podem terceirizar suas necessidades para esses provedores por custos relativamente baixos.

3. Dê motivos às pessoas para participar / participar

Quando os clientes em potencial chegam à loja ou ao website de algumas empresas, eles não vão começar a comprar itens aleatoriamente. Em vez disso, as pessoas precisam ser incentivadas a fazer uma compra ou ingressar em algum grupo. Pense no motivo pelo qual muitas organizações oferecem códigos de descontos para as pessoas que se inscrevem em seus boletins informativos ou listas de discussão.

A estratégia é bastante simples e opera segundo o princípio da reciprocidade. Ou seja, as empresas recebem o e-mail do visitante que pode ser usado em futuras promoções, enquanto o visitante recebe um desconto para usar em futuras compras.

Vestindo T-shirt com marca da empresa

4. Seja consistente

Quando se pensa em empresas como a Progressive, elas costumam ter memória de um de seus muitos anúncios. Afinal, a Progressive é conhecida por centenas de comerciais com o mesmo conjunto de atores. Além disso, as cores de suas marcas são extremamente consistentes com tudo o que fazem.

Embora seja óbvio que tal prática foi planejada, a Progressive está realmente usando algumas estratégias muito avançadas. Eles são atraentes para os clientes, permanecendo muito consistentes enquanto entregam continuamente novos materiais. Assim, o reconhecimento de sua marca é excelente e as pessoas que precisam de seguro são muito propensas a pensar nelas.

5. Use Mídias Sociais

As empresas que estão ignorando as vantagens das mídias sociais estão deixando de lado milhares de clientes em potencial. Em 2015, por exemplo, o Facebook influencia até 52% das compras de seus usuários. Dado que eles têm mais de dois bilhões de usuários ativos, esse é um número enorme de transações.

Assim, como coloca Naseem Salem, a mídia social é atualmente a plataforma mais importante com a qual todo empreendedor deve se familiarizar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *